Documentário sobre relação de escritora com o trabalho voluntário será exibido em Santos

A produção será exibida gratuitamente nesta terça-feira

30/10/2017 - 14:35 - Atualizado em 30/10/2017 - 14:49

Um filme baseado na história de uma escritora, mostrando o valor do trabalho voluntário chegará nesta semana, ao Cine Roxy de Santos. Um dia eu voltaria é uma produção independente e narra a história de Letícia Mello, que viajou sozinha por seis meses pela Tailândia, Camboja e Vietnã, fazendo trabalhos voluntários em troca de alimentação e acomodação. O documentário já passou por diversos locais como Balneário Camboriú, Curitiba, Porto Alegre e Belo Horizonte, chegará a cidade santista.

Um dia eu voltaria será exibido gratuitamente, em sessão única na terça-feira (31), às 20 horas, no Cine Roxy Iporanga, localizado na Avenida Ana Costa, nº 465. Antes da exibição, às 19 horas, Letícia estará autografando os livros, tirando fotos e batendo um papo com os presentes. 

Letícia viajou sozinha fazendo trabalho voluntário pela Tailândia, Camboja e Vietnã (Foto: Divulgação)

Ingressos

Quem quiser assistir o documentário, é é necessário retirar seu ingresso pelo site e apresentá-lo na hora do evento junto com uma lata de leite em pó que será doada para a Ação de Recuperação Social (ARS).

Livro

A escritora dava aulas de inglês em pequenos vilarejos dos três países do Sudeste Asiático para crianças, monges, policiais e agricultores. Todas as aventuras, aprendizados e obstáculos enfrentados são narrados também no livro "Do for Love", obra publicada em 2016 por meio de financiamento coletivo.

Voluntariado

Com o objetivo de mostrar às pessoas a importância do voluntariado, o documentário foi produzido pela viajante em parceria com o cineasta Lucas Bogo, de forma 100% independente. Para a gravação do filme, os dois viajaram por 40 dias aos lugares em que Letícia havia voluntariado, retornando depois de 3 anos da sua primeira viagem.  

"O filme é baseado na viagem que eu conto no livro, mas não segue a mesma narrativa. No documentário eu levo o espectador nessa viagem, o levando a refletir e repensar muitas coisas. É um novo mundo que se apresenta e que promete inspirar", conta Letícia.

Veja Mais