Ciça Marinho lança CD e Charles Maia faz tributo a Tim Maia

Shows acontecem neste fim de semana, em Santos e Bertioga

02/02/2018 - 10:13 - Atualizado em 02/02/2018 - 10:23

A fadista Ciça Marinho faz homenagem às suas raízes (Foto: Renan Perobelli/Divulgação)

A fadista luso-brasileira Ciça Marinho se apresenta, sábado (3), às 20 horas, no Teatro do Sesc Santos, onde faz o pré-lançamento do seu quarto álbum, "Fado Trocado". O disco foi produzido em Portugal, por Jorge Fernando, músico que tocou e compôs com Amália Rodrigues (1920-1999). 

Ciça é filha de pais portugueses e, há 21 anos, divulga o fado no Brasil, desenvolvendo relações entre artistas brasileiros e portugueses. No novo álbum, ela mistura o ritmo tradicional português ao samba. Na faixa-título, "Fado Trocado", Ciça canta em fado com sotaque português e Fábia Rebordão, fadista portuguesa, interpreta o samba com sotaque brasileiro.

Fados tradicionais receberam letras inéditas de Jorge Fernando como "Foi Deus", de Alberto Janes, que ganhou uma releitura. "Samba das Índias", dos brasileiros Eduardo Santhana e Juca Novaes, fala sobre Lisboa e São Paulo, com Ciça em ritmo de fado e Sérgio Borges em ritmo de samba-canção. O mesmo acontece com "Fado das Juras/Pois é", em que Ciça canta o fado e Borges o samba de Ataulfo Alves. 

No show, Ciça canta com o violonista, compositor, arranjador e produtor Sérgio Borges na viola de fado; o guitarrista e compositor Wallace Oliveira na guitarra portuguesa; e o baterista Adriano Busko. 

“Cantar o fado não foi uma escolha qualquer, aleatória. Foi uma escolha da minha alma, do amor às minhas raízes. O fado é a expressão das emoções do ser humano e por excelência do povo português. É simples e complexo, é a dualidade dos sentimentos mais profundos”, declara Ciça. 

Ainda haverá a participação de convidados como o fadista Tiago Filipe, a cantora Larissa Lima e o flautista Pratinha Saraiva. Ingressos entre R$ 6,00 e R$ 20,00. O Sesc fica na Rua Conselheiro Ribas, 136, na Aparecida, em Santos.

Tributo a Tim Maia

A extrema semelhança física e o timbre de voz parecido fizeram de Charles Maia um dos melhores covers de Tim Maia. Não à toa, ele interpretou o músico carioca no especial da Globo, "Por Toda a Minha Vida", e se tornou figurinha carimbada em programas de auditório, como "Domingão do Faustão" e "Altas Horas". 

Charles Maia é considerado o melhor cover de Tim Maia do Brasil (Foto: divulgação)

Ele se apresenta, sábado (3), a partir das 21 horas, encerrando o projeto Em Bertioga, o Verão é + Cultura, na Tenda de Eventos, ao lado do Forte São João, no Centro. 

Pernambucano, em 2011 Charles Maia foi eleito o melhor imitador do Brasil. Ele sobe ao palco, em Bertioga, ao lado da banda Musical Remember.

Antes, a abertura da noite fica por conta do músico, cantor e compositor Jorginho Santos, interpretando sucessos da Jovem Guarda e do pop rock nacional, e do baterista Carlos Bala, que tocou e gravou com grandes nomes da MPB, como Gal Costa, Marina Lima, Emílio Santiago, Chico Buarque e outros. A entrada é franca.

Veja Mais