Arena Peruíbe cancela shows por falta de procura de ingressos

Quem adquiriu entradas aguarda posicionamento da organização sobre devolução dos valores

07/02/2018 - 10:44 - Atualizado em 07/02/2018 - 13:46

Vista aérea de uma das noites do festival, na Praia do Centro, em Peruíbe (Foto: divulgação)

Após cinco edições, o Arena Peruíbe Jureia Fest cancelou os próximos shows que estavam agendados para o fim de semana de Carnaval. Responsável pelo festival, a empresa Biz Eventos publicou uma nota na página no Facebook, na tarde de terça-feira (6), informando que o motivo foi a falta de procura por ingressos.

A publicação provocou centenas de comentários, criticando os adiamentos e cancelamentos de shows e a falta de comunicação da empresa. Em outra nota, publicada em sua página nesta quarta (7), a Biz divulgou os procedimentos para o ressarcimento dos ingressos adquiridos. 

O coordenador do Procon Santos, Rafael Quaresma, avisa que a devolução do valor do ingresso é obrigatória, e que o consumidor não pode ser penalizado pelo cancelamento, muito menos ter a restituição demorada por causa de interesses do fornecedor. 

Ontem, a organização desmontou a estrutura da Arena Peruíbe Jureia Fest, na Praia do Centro. O local tinha capacidade para 8 mil pessoas e esteve lotado em diversos shows das edições anteriores, como Wesley Safadão, no dia 5 de janeiro, e Simone & Simaria, no dia 27 do mesmo mês. 

Os ingressos custavam entre R$ 30,00 e R$ 120,00, que era o preço da meia entrada do 1º Lote, mediante entrega de um quilo de alimento não-perecível. Havia diversos canais de venda: sites Ingresso Rápido e Banca do Ingresso (que continuaram a divulgar o evento mesmo após o cancelamento); mais de uma dezena de pontos de venda na Baixada Santista e Vale do Ribeira; e promoters. 

Consumidores relataram para A Tribuna que houve promoter que sumiu após o cancelamento dos shows, e só retornou após avisado de que o jornal estava fazendo matéria. 

A Reportagem conversou com um promotor, por telefone, que estava vendendo ingressos para o camarote premium por R$ 6 mil (entre dez e 20 pessoas) e não sabia do cancelamento do evento.

Chuvas

Os adiamentos de shows começaram no final de dezembro. A Tribuna apurou que, por causa das fortes chuvas em Peruíbe, as apresentações de Luan Santana, Leonardo e Eduardo Costa, Zé Neto & Cristiano e Encontro das Tribos foram remanejadas para as últimas semanas de janeiro, mas não aconteceram. 

O show Encontro das Tribos, que reuniria seis bandas de rock e reggae, chegou a ser adiado para uma terceira data, no domingo de Carnaval, mas foi cancelado, ontem. Ainda estavam agendados a dupla Matheus & Kauan e o MC Lan, sábado. 

Até o fechamento desta edição, a página da Arena Peruíbe no Facebook ainda estampava o flyer dos próximos shows e o canal de venda de ingressos na imagem da capa do evento. A nota de cancelamento aparecia timidamente na timeline.

Veja Mais