Após reclamações, CDHU libera R$ 5 milhões para prédios de Cubatão

Moradores sofrem, há pelo menos 5 anos, com falta de manutenção e reforma nos apartamentos

18/01/2018 - 21:46 - Atualizado em 18/01/2018 - 21:47

Além do mato alto, conjunto abriga ratos, cobras e gambás (Foto: Carlos Nogueira/AT)

Depois de cinco anos de reclamações, moradores do Conjunto Rubens Lara no Jardim Casqueiro, em Cubatão, terão ajuda do Governo do Estado para a manutenção e reforma dos prédios, com 1.840 apartamentos, entregues em 2010.  A Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano do Estado (CDHU) anunciou, nesta quinta-feira (18), que destinará R$ 5 milhões para obras no local. 

A saga dos moradores que enfrentam problemas como mato alto e a presença de animais como ratos, cobras e gambás foi alvo de matérias realizadas por A Tribuna. As reclamações são constantes, há pelo menos 5 anos. 

Moradora do conjunto e dona de banca de jornais que fica no meio da praça, a comerciante Denise Cristina da Silva, de 32 anos, reclama do descaso do Estado. Segundo ela, devido à falta de manutenção de equipamentos como o playground, os filhos não têm momentos de lazer fora de casa.

"Tá tudo quebrado, e não é de hoje. Os meus filhos, em plenas férias, são obrigados a ficar em casa, pois não têm como se divertir fora do apartamento. O que não está quebrado, vive tomado de mato. Nem descansar mais nos banquinhos nós podemos".  

Os problemas decorrem, sobretudo, da falta de providências anteriores da CDHU, da falência da Construtora Chaim, que atuou nas obras, e da insolvência da seguradora.

Veja Mais