Flamengo projeta entrar com processo contra o Corinthians se Fagner entrar em campo

Para Rubro-negro, lateral-direito recusou jogar pela Seleção para poder atuar pelo seu clube

11/09/2018 - 13:49 - Atualizado em 11/09/2018 - 14:17

Clube do Rio alega que escalação, se acontecer, seria irregular (Foto: Marco Galvão/ Fotoarena/Folhapress)

Para a partida contra o Flamengo, o técnico do Corinthians, Jair Ventura, poderá escalar Fagner, que se recuperou de sua lesão na coxa. Só que o Rubro-negro já avisou que se o lateral entrar em campo, o clube vai à justiça alegando que a escalação do atleta é irregular.

Fagner foi convocado para disputar os amistosos da Seleção Brasileira contra Estados Unidos e El Salvador, entretanto, foi cortado da lista de Tite devido a sua lesão. Ele se contundiu na partida contra o Colo-Colo, nas quartas de final da Libertadores. Além de perder os amistosos, a contusão do lateral-direito o fez perder as partidas contra Atlético-MG, Ceará e Palmeiras.

Caso ele entre em campo para a disputa da semifinal, na noite desta quarta-feira (12), o Flamengo já alertou que vai entrar com um processo alegando que a escalação dele é irregular, porque Fagner recusou-se a jogar pela Seleção ao invés de ser ser cortado por um problema médico.

O artigo cinco, do capítulo sobre Restrições em Jogos, do Regulamento de Status e Transferência da Fifa prevê que o jogador não está “habilitado a atuar” pelo período de cinco dias após o último compromisso de sua seleção no período, em casos de recusa. No entanto, o Flamengo trabalha com a hipótese de que há problemas na escalação de Fagner.

Em entrevista ao programa Redação SporTV, Eduardo Carlezzo, advogado especialista em direito internacional, comentou sobre essa polêmica extracampo.

"Esse assunto recai exclusivamente na competência da Comissão Disciplinar da Fifa. O Corinthians estaria descumprindo um regulamento da Fifa. Portanto, o protocolo é fazer uma denúncia à Comissão Disciplinar da Fifa. Caso a denúncia seja feita ao STJD, dificilmente o órgão no Brasil se dirá competente para analisar a questão".

O advogado ainda disse que o Flamengo terá um tarefa complicada para conseguir comprovar esta recusa do jogador. "O que o Flamengo pode alegar é que a lesão não era tão grave. Teria que fazer produção de prova mais técnica, prova médica, para mostrar que, na realidade, o laudo estava incompleto. Que realmente superestimou a lesão com finalidade de liberá-lo para jogar. Vai depender de o Flamengo produzir esse laudo. Mas é uma prova difícil de obter, visto que o Fagner é um jogador do Corinthians".

Corinthians e Flamengo se enfrentam nesta quarta-feira (12), às 21h45, no Maracanã, na primeira partida da semifinal da Copa do Brasil. A decisão acontecerá na Arena Corinthians, no dia 26 de setembro, no mesmo horário do primeiro jogo.

LEIA MAIS

<