Federação argentina muda decisão, e Sampaoli não comandará seleção sub-20

Futuro treinador no time principal ainda é incerto

11/07/2018 - 17:27 - Atualizado em 11/07/2018 - 17:39

Craques estariam rompidos com Jorge Sampaoli
(Foto:Juan Mabromata/AFP)

Uma pequena mudança no futuro de Jorge Sampaoli foi publicada nesta quarta-feira (11) pelo jornal Olé, da Argentina. De acordo com o periódico, o técnico não vai comandar a seleção sub-20 do país no torneio L'Alcúdia, primeiro desafio do país depois da pífia participação na Copa do Mundo.

Pressionado para deixar o cargo e sem abrir a mão da multa que teria a receber em caso de demissão, Sampaoli organizará a convocação e armará a equipe que disputa o torneio entre 28 de julho e 8 de agosto. Entretanto, o comando direto na competição ficará a cargo de Lionel Scaloni.

A decisão veio após o terceiro dia de reunião de Sampaoli com a direção da Associação do Futebol Argentino (AFA).

Ainda não houve uma movimentação para encerrar o compromisso de Jorge Sampaoli com a seleção argentina. O técnico possui contrato até a Copa do Mundo do Qatar, mas conta com a rejeição de nomes importantes da federação.

O trabalho de Sampaoli na Copa do Mundo gerou questionamentos e uma crise institucional na AFA. A própria imprensa argentina afirmou que jogadores importantes como Javier Mascherano e Lionel Messi romperam com o treinador ainda na Rússia.

Depois da eliminação para a França nas oitavas de final, a saída de Sampaoli era dada como certa. Todavia, o próprio treinador não abdicou do contrato e permanece empregado; a AFA, por outro lado, quer entrar em um acordo para não pagar a milionária multa prevista.

Seja como for, o futuro do treinador não está definido. Uma próxima reunião pode até dar fim ao ciclo de Sampaoli à frente da seleção.

Veja Mais