Veja algumas diferenças entre cães e gatos

Apesar de serem dóceis, eles são bem diferentes no quesito comportamento

23/06/2018 - 17:57 - Atualizado em 24/06/2018 - 07:30

Apaixonantes, eles logo tornam-se membro da família (Foto: Shutterstock)

Difícil encontrar alguém que não tenha um bichinho de estimação em casa. Os animais logo tornam-se membros da família e acabam dominando a casa inteira. Alguns preferem cachorros, outros não abrem mão de ter um gatinho.

Cães e gatos são muito diferentes. Não só pelo simples fato de serem espécies distintas. Confira a lista abaixo: 

Comportamento

Apesar de serem dóceis, os gatos são bem diferentes em relação aos cachorros, no quesito comportamento. "Os felinos respeitam os donos, no entanto, são muito independentes. Já os cães, grande parte deles é bem submissa. Eles também podem ser treinados mais rapidamente a comandos simples, como sentar, dar a pata ou deitar. Isso acontece, justamente, por adorarem agradar seu líder. Diferentemente dos cães, os gatos são muito independentes", explica a veterinária Flávia Bezerra. 

A veterinária ressalta também que há diferença nos hábitos alimentícios. "Os gatos são bem controlados em sua própria alimentação. Comem apenas o necessário para satisfazer sua fome. Na verdade, alguns acabam sendo meio "chatinhos" e cismam com a ração que está no potinho. Enquanto os cães vão comer sempre que houver ração". 

Habilidade

Apesar de domesticados, ambos possuem habilidades físicas para a caça. Mas, por serem de espécies diferentes, as ações são distintas.

"Os cães são corredores de longa distância, já os gatos, velocistas". Ainda segundo a veterinária, os cachorros se destacam pela capacidade de rastreamento. "Temos como exemplo os cães de trabalho, que usam suas habilidades para buscas em salvamento, detecção de drogas ou explosivos".

Já em relação aos gatos, a veterinária ressalta a excelente visão noturna, olfato e audição. "Quem tem felinos em casa  sabe que eles adoram pular. Isso faz parte da flexibilidade e da excelente capacidade de correr e pular".

A especialista ressalta também que outra peculiaridade entre os dois é de que, enquanto os cães ficam dormindo à noite, quase todos os gatos gostam de dormir durante o dia. 

Higiene

Outra diferença, desta vez, quase que gritante, é a questão da higiene. Aqui, os gatos ganham de lavada dos cachorros. Isso porque, desde filhotinhos, os gatos já procuram locais para fazer suas necessidades, além de enterrá-las depois. "Por isso que quando deixamos uma caixa de areia à disposição deles, dificilmente as necessidades serão feitas em outro local".

Os cachorros, porém, não se importam muito com o local onde farão suas necessidades. "Isso só poderá mudar se eles forem ensinados o local adequado. O ideal é treiná-los desde filhotes". 

Reprodução

Segundo a veterinária, cães e gatos só acasalam durante o período do cio. Mesmo assim, existe uma grande diferença entre o período de uma espécie para a outra.

"As cadelas têm cios de seis em seis meses e eles têm uma duração de 15 dias aproximadamente. Durante a primeira semana, a cadela vai apresentar um pequeno sangramento. No caso das gatas, o cio pode se repetir a cada dois meses e durar entre oito e 12 dias".  Ainda de acordo com a especialista, as cadelas são mais discretas durante o período. Já as gatas, podem mudar o comportamento.  "É possível que haja barulho e miados altos para atrair parceiros". 

Mesmo com tanta diferenças, os cães e gatos são excelentes companheiros. A dica, segundo a veterinária, é entender como cada um age. Assim, ficará mais fácil cuidar e respeitar as necessidades do animal. 

Veja Mais