PS Infantil de Vicente de Carvalho, agora, é prometido para o fim do ano

Entrega do posto já havia sido prometida, antes, para abril e para junho

15/08/2018 - 19:07 - Atualizado em 15/08/2018 - 19:07

PS de Vicente de Carvalho está fechado há seis anos (Foto: Rogério Soares/AT)

Prometida pela gestão Válter Suman (PSB), primeiro para abril e depois para junho, a reinauguração do Pronto-Socorro (PS) Infantil de Vicente de Carvalho, em Guarujá, ainda não aconteceu.

Com isso, o atendimento de urgência e emergência a crianças prossegue centralizado na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Dr. Matheus Santa Maria, o antigo Posto e Atendimento Médico (PAM) da Rodoviária, no Santo Antônio.

Fechado desde agosto de 2012, na administração Maria Antonieta de Brito (MDB), o posto pediátrico fica anexo ao Pronto-Socorro de Vicente de Carvalho, na Avenida São João, no Pae Cará.

Segundo a gestão atual, o espaço precisou passar por reforma porque tinha péssimas condições estruturais.

No final de março deste ano, o então secretário de Saúde de Guarujá, José Humberto Sandi, declarou que o PS Infantil seria reaberto até o fim de abril.

Em 15 de maio, uma matéria no Diário Oficial de Guarujá, cuja primeira página estampava que a saúde na Cidade vivia “nova fase”, informou que as obras seriam concluídas “em pouco mais de um mês”.

Nesta terça-feira (14), a Reportagem esteve de novo no PS de Vicente de Carvalho e constatou que o anexo do atendimento pediátrico está fechado. O novo prazo para reabertura é dezembro (confira abaixo, na resposta da Prefeitura).

Somente o PAM

Diante da demora, sobram reclamações dos moradores que precisam ir até o PAM da Rodoviária, único local de urgência e emergência com médico pediatra em Guarujá.

Moradora da Vila Áurea, a autônoma Amanda Cristina Felizarda, de 31 anos, gasta mais de uma hora para levar a filha Jamile, de 4 anos, para a unidade.

“Se tivesse o PS em Vicente de Carvalho, facilitaria bastante. Quando estou sem dinheiro, tenho que vir de bicicleta mesmo”, relata.

O ajudante geral Cristiano da Silva, de 38 anos, e a decoradora Cinthia Bartolomeu Silva, de 31, agora têm uma perua e, em alguns casos, passaram a dar carona para os vizinhos do Pae Cará ao PAM da Rodoviária.

“Se tem uma emergência de madrugada, não há ônibus circulando e nem Uber para pedir. Os vizinhos se ajudam. Uma vez, viemos de madrugada e não conseguimos nem táxi para voltar para casa”, conta Cristiano, ao lado das filhas Vitória, de 6 anos, e Miriã, de 3.

No domingo de manhã (12), a menina mais velha passou mal e esperou quase duas horas para ser atendida. Ontem, os pais voltaram à UPA para buscar o resultado de um exame. “Não ter o PS próximo dificulta muito”.

Resposta

O secretário de Saúde de Guarujá, Sandro Luiz Ferreira de Abreu, estima que, numa previsão otimista, a reabertura do PS Infantil de Vicente de Carvalho será entre o fim de novembro e o início de dezembro.

Ele afirma que as obras no local ocorreram de abril a junho. Faltam, agora, a licitação para compra de equipamentos para a unidade e a contratação de profissionais. Questionado sobre o motivo de tanto atraso, o secretário destaca que assumiu o cargo no dia 17 do mês passado e alega que “a administração pública tem que seguir todos os ritos burocráticos da Lei de Licitações”.

Concluído o processo, haverá o chamamento de profissionais. Quatro pediatras socorristas foram aprovados em concurso público neste ano e estão em condições de possível convocação. Ele comenta que, independentemente disso, poderia haver remanejamento de pediatras de outras unidades de saúde e assegura que há médicos para atender a demanda.

Segundo informou a Prefeitura em maio, dois pediatras atenderiam de dia, e outros dois, à noite. Esse número, segundo Sandro Abreu, ainda será analisado e poderá mudar.

LEIA MAIS

<