Projeto-piloto de paisagismo dará colorido especial à Praia do Gonzaguinha

Mudas de duas espécies de flores começaram a ser plantadas no calçadão da orla; Av. Presidente Wilson também será contemplada

03/09/2018 - 16:59 - Atualizado em 03/09/2018 - 17:31

Primeiras mudas começaram a ser plantadas no último sábado (Foto: Divulgação/Prefeitura de São Vicente)

Em breve, um dos cartões-postais de São Vicente estará de cara nova. A Praia do Gonzaguinha começou a receber, no último sábado (1º), o plantio de centenas de mudas de duas espécies de flores, que darão um colorido especial ao calçadão da orla. Dez mudas das espécies Ixora coccinea e Hemerocallis já foram plantadas naquela região e a ideia é a que até o final deste mês, pelo menos 800 já estejam integradas ao cenário da orla. 

O projeto-piloto, idealizado pela Prefeitura, com apoio da Codesavi, também prevê o plantio de outras 640 mudas, entre 32 floreiras, a longo da Avenida Presidente Wilson. Para as floreiras da avenida, inclusive, a proposta é de se levar uma outra espécie, de tons laranja e branco, como, por exemplo, a Amaryllis belladonna. 

“A ideia era tornar a Cidade mais florida e, para isso, fizemos alguns estudos e definimos espécies de flores nativas, com boa adaptação ao local. Ou seja, que resistam às ações do tempo, como ventania, maresia, e também floresçam o ano inteiro”, comentou a bióloga e secretária de Meio Ambiente, Silmara Casadei. 

Ao todo, serão plantadas cerca de 1.500 mudas na Cidade (Foto: Divulgação/Prefeitura de São Vicente)

A expectativa, de acordo com a secretária, é de que até o fim de setembro todas as mudas já estejam plantadas nestes dois pontos. “Estamos contando com o apoio da Codesavi, que está a cargo da construção dos canteiros que receberão as mudas e, a partir deste projeto, pesquisaremos outras espécies, que poderão ser plantadas em outros pontos de São Vicente”.

Ainda conforme Silmara, o projeto-piloto também prevê a reprodução destas espécies em um viveiro localizado na Área Continental de São Vicente. “Como são espécies de fácil reprodução, e que florescem bimestralmente, vamos fazer este teste, para depois replicar por outros trechos do Município. A nossa ideia, futuramente, é reurbanizar o canteiro central da divisa entre São Vicente e Santos”. 

Veja Mais