Pescador é flagrado com peixe quase extinto e acaba autuado por crime ambiental

Flagrante ocorreu nesta manhã, nas proximidades da comunidade Santa Cruz dos Navegantes, em Guarujá

31/08/2018 - 16:00 - Atualizado em 31/08/2018 - 16:10

Pescado apreendido tinha cerca de 30kg e aproximadamente 1,1 metro (Foto: Divulgação/Polícia Ambiental)

Um pescador foi autuado por crime ambiental, na manhã desta sexta-feira (31), após ter sido flagrado transportando um mero (Epinephelus itajara), um peixe em risco de extinção. O flagrante ocorreu nas proximidades da comunidade Santa Cruz dos Navegantes, em Guarujá, de acordo com informações da Companhia Marítima da Polícia Militar Ambiental. 

Conforme a corporação, o peixe, de aproximadamente 30 quilos e 1,1 metro de comprimento, cuja pesca é proibida, foi encontrado morto em um pequeno barco de madeira. Aos policiais, o suspeito que conduzia a embarcação, negou a pesca, relatando ter encontrado o pescado já sem vida, nas proximidades da Fortaleza de Santo Amaro da Barra Grande, no Canal do Estuário. 

O infrator foi autuado em R$ 2.600,00 e responderá em liberdade. O pescado foi apreendido e doado ao Grupo Escoteiros Lobo Guará. 

Veja Mais