Pacientes sofrem com falta de raios X no Pronto Socorro da Zona Noroeste

Eles têm sido orientados a fazer o exame em outros locais, como em São Vicente

17/01/2018 - 11:53 - Atualizado em 17/01/2018 - 11:53

Segundo pacientes, aparelho está em manutenção há semanas (Foto: Carlos Nogueira/AT)

Passar por consultas médicas no Pronto Socorro da Zona Noroeste, em Santos, tem exigido paciência, em especial de quem precisa se submeter a raios X. Segundo os pacientes, o único equipamento da unidade está quebrado há semanas.

Sem o aparelho, os médicos do PS orientam os pacientes a realizar o exame na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Central da Cidade ou no Hospital Municipal de São Vicente (antigo Crei). Com o resultado em mãos, o paciente é orientado a voltar ao PS da ZN para nova consulta.

Com uma forte dor na coluna, a auxiliar administrativa Paloma Alves da Silva, de 24 anos, foi ao PS na manhã desta terça-feira (16) à procura de um ortopedista. Minutos mais tarde, ela saiu da unidade com a recomendação de que procurasse o exame em outras unidades.

“Já vim aqui e não encontrei médico outras vezes. Mas falta de raios X é a primeira vez. É o PS mais perto da minha casa e preciso saber o que tenho. A dor está forte, mas não tem jeito. Vou até o Hospital Municipal de São Vicente, porque na UPA de Santos o atendimento é muito demorado”.

Sem atendimento

O pedreiro Sidney Evangelista, de 35 anos, também viu a sua ida ao PS da Zona Noroeste ser inútil. Com uma lesão no pé direito, ele foi dispensado pelo médico sem o diagnóstico completo.

“Torci o pé na semana passada e passei por atendimento aqui. O médico disse que era luxação e me deu um remédio. Ele disse que a dor ia passar, mas não passou. Voltei hoje (terça) e um outro médico me atendeu. Também disse que era luxação, mas pediu para eu ir tirar raios X em outras unidades e, depois, voltar”.

Em uma rápida circulada dentro do PS, a Reportagem não teve dificuldades para constatar o problema. Na porta da sala de raios X, havia o comunicado de que o equipamento está em manutenção.

Quebrado, mas funciona

A Secretaria de Saúde de Santos informou que o aparelho de raios X está funcionando, porém, “há um problema na processadora que revela as imagens”. Ou seja, está quebrado.

Ainda de acordo com a pasta, devido à necessidade de reparos constantes no aparelho, que é antigo, a Secretaria de Saúde deu início, no mês passado, “ao processo de locação temporária de um equipamento similar”.

Sem dizer há quanto tempo o aparelho está quebrado e quando voltará a funcionar, a Prefeitura de Santos alega que “em breve a nova processadora estará disponível na unidade”. 

Veja Mais