Óleo de cozinha usado pode ser reciclado. Veja onde descartar o material

Um litro da substância tem capacidade de poluir um milhão de litros de água, diz Sabesp

27/06/2017 - 11:41 - Atualizado em 27/06/2017 - 11:41

Se descartado da forma correta, óleo pode se transformar em sabão, por exemplo (Foto: Getty Images)

Você sabia que o óleo de cozinha usado pode ser reciclado? Se descartado da forma incorreta, no ralo da pia, por exemplo, o prejuízo ao meio ambiente é grande. Segundo dados da Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp), um litro da substância tem capacidade de poluir um milhão de litros de água.

Em contato com os rios, ficando na superfície da água, o óleo impede que ocorra a adequada oxigenação, podendo causar a morte de micro-organismos marinhos e peixes.

Além de provocar prejuízos ao meio ambiente, por ter substâncias difíceis de serem decompostas, o material, quando descartado da forma incorreta, também dificulta o tratamento do esgoto. 

O levantamento da Sabesp aponta que, por mês, estima-se que cada família gere cerca de 1,5 litro de óleo de cozinha. Na região, existem pontos de coleta. Quando reciclado, o óleo pode se transformar em produtos de limpeza, resina para tintas e massa de vidraceiros, por exemplo.

Veja onde é possível descartar de forma correta o material (armazenados em garrafas PET).

Bertioga
A Prefeitura mantém parceria com a Cooperativa de Triagem de Sucata União de Bertioga (Coopersubert), que realiza a coleta de porta em porta. O agendamento da retirada deve ser realizado pelo 3317-4599, de segunda a sexta-feira, das 9 as 16 horas.

Cubatão
O município não conta com coleta oficial desse material.

Guarujá
O descarte pode ser realizado pela empresa Alternativo Brasil, que fica na Rua Álvaro Leão Carmelo, 36 – Jardim Boa Esperança, em Vicente de Carvalho.

Itanhaém
A cooperativa Coopersol Reciclando coleta o material nas casas daqueles que fazem o encaminhamento voluntário. Interessados podem entrar em contato pelo telefone 3427-6470. O projeto funciona de segunda a sexta, das 7h30 às 16h30.

Mongaguá
A cidade conta com o projeto Óleo Legal, que funciona na EMEF Vera Cruz (Av. José Cesário Pereira Filho, 427). A entrega do óleo usado pode ser feita das 7 às 18 horas.

Peruíbe
A Administração Municipal informa que não possui coleta oficial, mas uma ONG realiza a retirada do óleo usado em dois pontos de coleta nos bairros Centro (Sabesp - Av. 24 de dezembro, 31; de segunda a sexta-feira, das 10 às 16 horas) e Balneário Três Marias (Strike 300 Boliche - Av. Padre Anchieta, 5087; de segunda-feira a domingo, entre 17 e 23 horas).

Praia Grande
A cidade conta com 11 ecopontos, que funcionam de segunda a sexta-feira, das 8h30 às 17h30. São eles: 

- Aviação (esquina das ruas Jorge Alves Maciel e Jorge Hagge)
- Sítio do Campo (esquina da Avenida do Trabalhador com Rua Saturnino de Brito, loteamento Guaramar)
- Nova Mirim (Rua Martiniano José das Neves, 1410)
- Mirim (Avenida Presidente Kennedy, ao lado do nº 8462, entre as Ruas 26 de Janeiro e Aldo Coli)
- Real (Rua Lilás, 429)
- Maracanã (esquina da Avenida Dr. Roberto de Almeida Vinhas com Rua Dorivaldo Francisco Loria)
- Caiçara (Avenida Presidente Kennedy, ao lado do número 13.684, esquina com Rua Maximina Ildefonso Ventura)
- Boqueirão (Rua Guanabara com Praça 19 de janeiro)
- Solemar (Avenida Presidente Kennedy, na altura do número 21.074, esquina com a Rua Cassimiro de Abreu)
- Ribeirópolis (esquina das Avenidas Diamantino Cruz Ferreira Mourão e Agostinho Ferreira)
- Ocian (Praça Eliezer Rodrigues Coelho, s/nº, entre as Ruas Dr. Vicente de Carvalho e José de Alencar).

> Os caminhões da coleta seletiva também recebem o óleo usado, desde que estejam devidamente armazenados em garrafas pet fechadas.

Santos
A cidade conta com 34 pontos de coleta de óleo usado. Confira os locais, que funcionam de segunda à sexta-feira:

- Ponta da Praia (Ginásio Rebouças - Praça Engenheiro Rebouças; das 9h às 12h  e das 14h às 18h)
- Ponta da Praia (IBAMA - Av. Cel. Joaquim Montenegro, 297; das 8h às 16h)
- Gonzaga (RC Seguros - Av. Ana Costa, 452; das 9 às 17 horas)
- Aparecida (EE Aristóteles Ferreira - Av. Epitácio Pessoa, 466; das 7h às 18h)
- Jardim Piratininga (Sociedade de Melhoramento - Rua Coronel José João Jorge; das 9h às 17h)
- São Manoel (Sociedade de Melhoramento - Praça Nicollau Giraigire, 254; das 9h às 17h)
- Pompéia (Associação de Portadores Paralisia Cerebral  - Av. Senador Pinheiro Machado, 945; das 8h às 16h)

Unidades Municipais de Ensino (das 8 às 17 horas, de segunda a sexta-feira)
- UME Auxiliadora da Instrução (Praça Rubens Ferreira Martins, 08 – Estuário)
- UME Ayrton Senna da Silva (Av. Sen. Pinheiro Machado, 617 - Marapé)
- UME Maria Carmelita Proost Villaça (Av. Aristóteles de Menezes, 11 – Ponta da Praia)
- UME Dr. Dino Bueno  (Av. Dona Ana Costa, 300 – Encruzilhada)
- UME Prof. Florestan Fernandes (Rua Oswaldo Cochrane, 91 – Embaré)
- UME José da Costa e Silva Sobrinho (Rua Lúcia Heli Caiaffa, 375 – Jardim Piratininga)
- UME Martins Fontes (Estrada João Batista, s/n – Morro da Penha)
- UME Waldery de Almeida (Pça Maria Coelho Lopes, s/n – Jardim Santa Maria)
- UME Barão do Rio Branco (Rua Visconde de Cairú, 217 – Campo Grande)
- UME Candinha Ribeiro de Mendonça (Rua Manoel Nascimento Junior, 56 – Jabaquara)
- UME Cely Moura Negrini (Rua José De Oliveira Lopes, 62 – Jardim Castelo)
- UME Derosse José de Oliveira (Av. Conselheiro Nébias, 737 – Boqueirão)
- UME Dr. Nelson de Toledo Piza (Rua Flamínio Levy, s/n – Saboó)
- UME Eunice Caldas (Rua São Paulo, 40 – Vila Mathias)
– UME Fernando Costa (Rua Luiz Di Renzo, 105 – Vila São Jorge)
– UME João Papa Sobrinho (Rua Goiás, 145 – Gonzaga)
- UME José Bonifácio (Av Conselheiro Nébias, 219 – Macuco)
- UME José Carlos de Azevedo Jr. (Rua Nicolau Moran, 21 – Jardim São Manoel)
- UME Lobo Viana (Av. Sen. Pinheiro Machado, 606 – Marapé)
- UME Padre Lúcio Floro (Rua Carlos Alberto Curado, 2287, Morro José Menino)
- UME Luiz Carlos Prestes (Pça Maria Coelho, s/n – Jardim Santa Maria)
- UME Maria de Lourdes Borges Bernal (Rua Arthur Parsloe, 52 – Jardim Castelo)
- UME Mário de Alcântara (Rua Cauby, 75 – Valongo)
- UME Padre Waldemar Valle Martins (Rua 28 de setembro, 201 – Macuco)
- UME Profª Iveta Mesquita Nogueira (Av. Rei Alberto I, 379 – Ponta da Praia)
- UME Samuel Augusto L. de Moura (Rua Eng Manoel Ferramenta Jr, 101 – Areia Branca)
- UME Flavio Cipriano Barbosa (R. Coronel F. Narciso Bicudo, 589 – Jd. São Manoel)

São Vicente
Atualmente, há três pontos fixos de coleta de óleo de cozinha na Cidade. São eles: o Parque Ambiental do Sambaiatuba (Avenida Sambaiatuba, 116; segunda a sexta-feira, das 9 às 17 horas) e os dois ecopontos, o da Vila Voturuá (Rua Juiz de Fora, 48; segunda a sexta-feira, das 8h às 12h, e das 14h às 18h. Aos sábados, das 8h às 12h) e o do Rio Branco (Avenida Ulysses Guimarães, 211; segunda a sexta-feira, das 7h às 11h, e das 13h às 17h. Aos sábados, das 7h às 11h).

Além destes três pontos fixos, quem quiser fazer o descarte do material pode utilizar a Coleta Seletiva, que passa em todos os bairros da Cidade conforme programação das equipes, durante a semana.

Veja Mais