Obra de reurbanização da Biquinha deve ocorrer em março

Espaço será reformado a um custo de R$ 490 mil. Vendedores comemoram

25/01/2018 - 15:43 - Atualizado em 25/01/2018 - 15:44

Obra na Praça da Biquinha está prevista para começar em março (Foto: Fernanda Luz/AT)

Um ano após retornar à Praça da Biquinha de Anchieta, em São Vicente, os 22 vendedores de doces, salgados e artesanato agora contam os dias para ver a reurbanização do local.

A obra, com verba de R$ 490 mil confirmada pelo Estado, por meio do Departamento de Apoio ao Desenvolvimento dos Municípios Turísticos (Dadetur), está prevista para começar em março, após a temporada, e deve ficar pronta no primeiro semestre.

O projeto, apresentado pelo secretário municipal de Projetos Especiais, Adão Ribeiro, prevê a revitalização do espaço turístico, que, no entanto, manterá suas características tradicionais e históricas.

“A praça ganhará rede de drenagem e piso de concreto desempenado. Próximo ao Cruzeiro Quinhentista, será instalado um deck com rampas, para que todos tenham acesso ao local”, disse o secretário.

“O projeto privilegia, sobretudo, a acessibilidade para todas as pessoas, principalmente idosos e quem tem deficiência”, disse Ribeiro, destacando que a praça terá espaço reservado para estruturas removíveis.

Felicidade

Desde que retornaram à Biquinha, em 20 de janeiro de 2017, os permissionários dizem que voltaram “para casa”. Os comerciantes tiveram de sair do local em março de 2013, quando um incêndio destruiu as estruturas onde eram comercializados os doces e salgados.

Transferidos para a Praça 22 de Janeiro, ao lado da Biquinha, eles viviam descontentes e amargando prejuízos, até voltar para o local de origem.

“Há quase um ano voltamos à nossa casa. E isso foi uma das melhores coisas que aconteceu para todos nós. Agora, a expectativa é ver a nossa casa reurbanizada”, disse Joanira Martins de Lima, que mantém uma barraca de doces há 51 anos na Biquinha.

“A expectativa é ver a praça recuperada e cheia de visitantes”, desejou a vendedora de lanches Andréia Cristina Leite Lopes, desde 2000 no local.

Há 25 anos vendendo doces na Biquinha, Luciana Pereira Silva engrossa o coro. “Oro todos os dias para que possamos ver a praça reurbanizada. Fiquei feliz em voltar para cá. Até minha vida mudou”, disse.

O segundo secretário do Conselho de Turismo de São Vicente (Contur), Claudionor José do Carmo, lembra dos visitantes retornando para a praça. “Estamos muito felizes por ver os visitantes voltando aqui para a Biquinha”, comentou.

Visitantes

Os visitantes confirmam o prazer de voltar a um dos pontos turísticos mais conhecidos da Baixada Santista.

“Eu e minha esposa vínhamos à Biquinha quando meninos. Continuamos vindo como namorados. Agora, trazemos nossos filhos”, confirmou o engenheiro Éder Gallardo da Silva, 45 anos, da Capital.

Em um dos quiosques do local, a aposentada Maria José Carvalho, 60 anos, fala do prazer de ver a Praça aberta para o público.

“Moro no prédio ao lado da Biquinha, e era triste vê-la fechada. Agora, que ela voltou à vida, também voltou a ter o brilho que sempre teve. Uma luz especial”, declarou Maria.

Veja Mais