Neurocirurgião santista, que lutava contra a leucemia, morre aos 57 anos

Marcos Magario foi diagnosticado com a doença no ano passado; a família chegou a realizar campanha pedindo doações

21/07/2018 - 16:18 - Atualizado em 21/07/2018 - 18:49

Corpo do médico é velado na Memorial Ecumênica
de Santos (Foto: Divulgação)

Morreu na noite de sexta-feira (20) o neurocirurgião santista Marcos Magario, aos 57 anos. Ele lutava contra uma leucemia mieloide aguda há quase um ano. 

A doença havia sido diagnosticada quando o médico realizava uma transfusão de sangue no Hospital Alemão Oswaldo Cruz, na capital paulista. 

O velório do médico ocorre neste sábado (21), na Memorial Ecumênica de Santos, onde também será realizada a cremação. O cemitério fica na Avenida Dr. Nilo Peçanha, 50, no Marapé, em Santos. 

Perfil 

Marcos Magario nasceu em Santos e foi diplomado em Medicina pela Faculdade de Medicina Severino Sombra, de Vassouras. Sua especialização ocorreu entre os anos de 1984 e 1987, na Santa Casa, onde foi admitido no mesmo ano. O médico foi responsável pelo Serviço de Neurocirurgia do Hospital da Sociedade Portuguesa de Beneficência de Santos e era membro titular da Sociedade Brasileira de Neurocirurgia.

Veja Mais