Márcio França autoriza estudos para construção de ponte entre Santos e Guarujá

Governador cumpre agenda na Cidade, que é Capital do Estado nesta quarta-feira (13)

13/06/2018 - 12:12 - Atualizado em 13/06/2018 - 13:12

Governador Márcio França (PSB) participou de cerimônia na manhã desta quarta-feira (Foto: Carlos Nogueira/AT)

O governador Márcio França (PSB) autorizou, na manhã desta quarta-feira (13), a realização de estudos visando a construção da nova interligação entre as rodovias Anchieta e Cônego Domênico Rangoni, denominada Ponte Santos - Guarujá.

A vinda de França para despachar em Santos envolve uma extensa programação de entregas e cerimônias, que se iniciou às 9 horas com ato cívico em homenagem ao patrono José Bonifácio, no Pantheon dos Andradas, na Praça Barão de Rio Branco, no Centro.

O projeto de implantação da ponte ficará a cargo da Ecovias, concessionária do Sistema Anchieta-Imigrantes (SAI), e a análise será feita pela Agência de Transporte do Estado de São Paulo (Artesp).

França explicou que a Ecovias foi autorizada a providenciar o projeto com recursos próprios. Um aditamento de contrato com o Governo do Estado permitirá que a concessionária prorrogue o prazo de concessão em troca da obra. 

De acordo com o governador, após a realização dos estudos, que devem levar seis meses, será possível falar sobre custos e tempo de obra. A expectativa é de que a autorização para a construção da ponte seja feita até o fim do ano.

A ponte é considerada um importante acesso entre as duas cidades, por meio de duas importantes rodovias, além do sistema de balsas. O objetivo da obra, de acordo com a Ecovias, é beneficiar também o setor portuário, favorecendo o fluxo de caminhões tanto na chegada quanto na saída do Porto de Santos. Conforme estudos iniciais, a ligação terá 7,5 quilômetros, interligando a Via Anchieta, na altura do km 64, e a Cônego Domênico Rangoni, no km 250. 

“A ponte vai permitir um acesso rápido, mais tranquilo e vai desafogar o sistema de balsa. Já que pe irremediável ter balsas, que seja com um fuxo menor”, disse França.

Pela manhã, foi feita a transferência da sede do Governo do Estado, no Palácio José Bonifácio – a Prefeitura de Santos. Além da elaboração dos projetos, o governador Márcio França autorizou obras para adequação e compatibilização da entrada de Santos com a nova interligação, no que se chama Fase 2 da nova entrada de Santos.

Mais anúncios

Durante sua permanência em Santos, França anunciou vários projetos relacionados a Santos e São Vicente. Para a primeira cidade, autorizou a fase 2 da Nova Entrada de Santos, a construção de 716 moradias em quatro novos empreendimentos na Baixada Santista (no Caruara, Vila Mathias, Caneleira e Jabaquara) e assinou a autorização para a implantação da quarta unidade do Bom Prato em Santos, no Rádio Clube. 

No período da tarde, ele apresenta um equipamento de robótica que possibilita movimentos tridimensionais dos membros superiores para os atendidos o Centro de Reabilitação Lucy Montoro Santos. 

Para São Vicente, ele anunciou a nova fase de obras de coleta e tratamento de esgoto para os bairros Vila Margarida e Jóquei Clube, e assinou autorização para a Ecovias realizar projetos funcionais e executivos para melhoria do trecho urbano da Rodovia dos Imigrantes, entre os quilômetros 62 e 68, em São Vicente. 

Veja Mais