Lei agora dá direito a passageiras de Guarujá embarcarem fora de ponto

No Município, há três anos, é permitido desembarcar fora dos pontos após as 22 horas

07/12/2017 - 15:58 - Atualizado em 07/12/2017 - 16:01

Iniciativa atende à antiga reivindicação das passageiras (Foto: Divulgação)

O Plenário da Câmara de Guarujá aprovou na última terça-feira (5) o Projeto de Lei que concede às mulheres o direito de embarque nos ônibus, fora dos pontos de parada, após as 22 horas, em áreas consideradas de risco. 

A medida, que tem como objetivo garantir mais segurança às passageiras, agora segue para sanção do prefeito Válter Suman. Ela complementa os dispositivos da Lei Municipal 4.101/2014, já vigente há três anos, que assegura às passageiras o direito de desembarcarem fora dos pontos de ônibus. 

De acordo com o texto aprovado, motoristas, quando solicitados, poderão parar em qualquer local onde seja permitido o estacionamento, no trajeto regular da respectiva linha, mesmo que nele não haja ponto de parada regulamentado.

Segundo a Câmara, a iniciativa atende reivindicação de estudantes, principalmente mulheres que costumam voltar para casa após às 22h, e entrará em vigor depois de ser sancionada pelo prefeito e publicada no Diário Oficial do Município.

Veja Mais