Justiça proíbe baile de Carnaval de torcida organizada do Santos na Vila

Juiz considerou que Salão de Mármore não tem capacidade adequada para receber a festa

09/02/2018 - 19:35 - Atualizado em 10/02/2018 - 11:44

A Justiça proibiu a realização de um baile de Carnaval promovido pela torcida organizada Sangue Jovem, do Santos FC, marcado para este domingo (11). O evento aconteceria no Salão de Mármore da Vila Belmiro, em Santos, e contaria, dentre outras atrações, com a apresentação do cantor de funk Neguinho do Kaxeta.

O juiz Gustavo Antonio Pieroni Louzada, da 3ª Vara Cível de Santos, atendeu a um pedido do Ministério Público do Estado (MPE).

Na ação, o promotor Daury de Paula Júnior argumentou que o Salão de Mármore não poderia ser utilizado para o baile. O local tem capacidade máxima de 160 pessoas e, no evento no Facebook, mais de 1 mil já haviam confirmado presença. De acordo com o representante do MPE, não houve emissão de alvará ou licença especial para a festa.

"Verifico que há perigo de dano irreversível, caso o evento seja realizado, porquanto, como visto, envolveria a presença de mais de mil pessoas em local cuja segurança não foi atestada pelo órgão estatal competente (Corpo de Bombeiros) e, ao que consta nos autos, não tem estrutura suficiente para tanto", escreveu o juiz na liminar (decisão antecipada e provisória) proferida nesta sexta-feira (9).

O magistrado ordenou que o Santos Futebol Clube e a Sangue Jovem deixem de realizar o baile, sob pena de multa de R$ 200 mil.

O juiz determinou também que a Polícia Militar seja comunicada para garantir o cumprimento da ordem, por o evento "envolver grande quantidade de pessoas".

Outros bailes

A Prefeitura de Santos informou que negou o pedido para realização de bailes pelo Santos neste sábado (10), no domingo (o impedido pela Justiça) e na terça-feira (13). A Secretaria de Infraestrutura e Edificações (Siedi) só autorizou uma matinê na segunda-feira (12), das 14 às 19 horas.

"O clube só oficializou junto ao 6º Grupamento de Bombeiros o evento do dia 12, ficando prejudicada a autorização nas outras datas, por parte da secretaria. O despacho foi proferido após consulta ao Corpo de Bombeiros, que se manifestou favorável apenas à matinê", informou a assessoria de imprensa da Administração Municipal.

Respostas

Procurado, o Santos Futebol Clube informou que sempre acata as determinações judiciais e, por isso, não haverá o evento citado.

Em nota, a Sangue Jovem informou que considera a proibição injusta. Informaram ainda, que até o momento foram vendidos aproximadamente 50 convites.

A Torcida Sangue Jovem ressalta que haverá plantão neste sábado (10) das 9  às 17 horas e domingo (11) das 13 às 17 horas para a devolução do dinheiro dos convites vendidos. 

Veja Mais