Incêndio volta a atingir antigo pátio de veículos em São Vicente

Última ocorrência no mesmo local foi registrada há pouco mais de um mês

19/03/2017 - 20:56 - Atualizado em 19/03/2017 - 22:23

Morador de São Vicente flagrou momento em que pátio de veículos foi consumido pelas chamas
(Foto: Celso Oliveira Pimentel/via WhatsApp)

Um incêndio atingiu na noite deste domingo (19) o antigo pátio municipal de veículos de São Vicente, na Esplanada dos Barreiros. As causas do acidente, que não deixou vítimas, são investigadas. 

As chamas começaram por volta das 19 horas, na Rua Francisco Brochado da Rocha, atrás da antiga rodoviária. Dois caminhões do Corpo de Bombeiros foram enviados ao local para o combate ao fogo, que durou cerca de 1 hora. Este é o segundo incêndio registrado no local em pouco mais de um mês. O último episódio ocorreu em 4 de fevereiro, quando pelo menos 50 veículos foram queimados

Morador de São Vicente, o tecnólogo e bancário, Celso Oliveira Pimentel, conta que, diariamente, quem reside no entorno presencia diversas pessoas invadindo o terreno e roubando o que conseguem dos carros e motos apreendidos. Ele não descarta que o incêndio tenha ocorrido durante mais uma invasão ao local. 

“Raramente há rondas da Polícia e Guarda Civil, mas prender não resolve, já que não há nenhuma vigilância no local. Os bandidos sempre retornam assim que os policiais vão embora. Os ladrões que entram no pátio fazem fogueiras para queimar os fios e levar só o cobre. Como há muito material inflamável próximo, é muito fácil perder o controle do fogo", comenta. 

Ainda conforme Pimentel, além do risco de segurança para os moradores e pedestres da região, há um evidente e claro desperdício de recursos públicos com os bombeiros, Polícia Militar e Guarda Metropolitana, que são acionados para eventos que poderiam ser evitados com a retirada destes carros do local. 

“Não são trazidos mais carros para o pátio, mas ainda há muita quantidade de veículos aqui. Eles vão se desgastando com o tempo, perdendo qualquer eventual valor que ainda teriam como sucata. E nessa época de chuvas, há um risco maior de se tornarem um criadouro de mosquitos da dengue". 

No pátio, que está desativado, há carcaças de veículos apreendidos pela Secretaria de Transportes de São Vicente. Em maio de 2015, um incêndio no mesmo local destruiu mais de 200 veículos. 

Veja Mais