Horário de verão termina no próximo dia 17 em 11 estados

Relógios deverão ser atrasados em uma hora à 0h do dia 18

08/02/2018 - 09:33 - Atualizado em 08/02/2018 - 11:02

Intuito do horário de verão é aproveitar melhor a luz natural, economizando energia (Foto: Carlos Nogueira/AT)

No próximo dia 17 de fevereiro, terá fim o horário de verão, que havia se iniciado em 15 de outubro do ano passado. As datas seguiram o determinado pelo decreto 9.292/17, assinado pelo presidente Michal Temer, e que também instituíam os estados onde houve a mudança: Distrito Federal, Espírito Santo, Goiás, Minas Gerais, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e São Paulo. Nesses estados, portanto, os relógios deverão ser atrasados em uma hora à 0h do dia 18.

O horário de verão se justifica devido ao fato que, durante a primavera e o verão, os dias são um pouco mais longos do que as noites em parte do País. Dessa forma, o horário de verão foi instituído no intuito de se aproveitar melhor a luz natural, gerando economia de energia.

Influência das eleições

Em outubro, quando se iniciar a próxima vigência do horário de verão, sua duração será reduzida em cerca de 10 dias, começando em 21 de outubro e terminando em 16 de fevereiro de 2019. A redução atende ao pedido do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) por causa das eleições. Segundo o Tribunal, a medida facilitará a apuração dos votos, pois sem o horário de verão o País terá menos fusos horários e, portanto, a apuração de votos será agilizada. 

Esse ano, o primeiro turno das eleições será dia 7 de outubro e o segundo, no dia 28 do mesmo mês. 

Veja Mais