Há 9 dias internado, jovem espancado em casa noturna segue na UTI

Universitário passou por novo procedimento cirúrgico no sábado, mas segue em estado grave

16/07/2018 - 10:14 - Atualizado em 16/07/2018 - 10:16

Lucas está internado na Santa Casa de Santos desde
7 de julho (Foto: Reprodução/Facebook)

O universitário Lucas Martins de Paula, de 21 anos, espancado por seguranças da casa noturna Baccará, em Santos, segue internado em coma induzido na UTI Neurocirúrgica do Hospital Santa Casa. Nesta segunda-feira (16), faz nove dias que o rapaz foi encaminhado à unidade de saúde inconsciente.

 

De acordo com informações do hospital, no sábado (14), Lucas passou por um procedimento cirúrgico para diminuição da hipertensão intracraniana. O estado de saúde, apesar de grave, é considerado estável.

O episódio de violência aconteceu na madrugada de sábado (7). Dois amigos do estudante – um advogado e um empresário – também foram agredidos por funcionários da casa noturna, localizada na Rua Oswaldo Cochrane, 64. A divergência da consumação de uma garrafa long neck de cerveja, no valor de R$ 15,00, teria desencadeado a confusão.

Veja Mais