Guarujá, Santos e Itanhaém recebem R$18,5 milhões do Dadetur

Recursos foram liberados pelo Estado para investimentos em turismo

16/07/2017 - 12:38 - Atualizado em 16/07/2017 - 12:40

Guarujá será beneficiada com a maior parte dos recursos do Dadetur, R$10 milhões. (Foto: Rogério Soares/AT)

Guarujá é a cidade paulista contemplada com o maior volume de verbas do Departamento de Apoio ao Desenvolvimento dos Municípios Turísticos (Dadetur) liberada na última sexta-feira (13) pelo governador Geraldo Alckmin. O município receberá R$ 10.094.425,01 dos R$ 22,5 milhões previstos.

Santos e Itanhaém também estão na lista do governador, que inclui ainda Barra Bonita e Holambra, num total de 13 projetos de infraestrutura e fomento ao turismo paulista. 

As três prefeituras da região serão contempladas com o maior volume de recursos, R$ 18.492.258,93. Em Santos e Guarujá, a verba permitirá a conclusão de obras de projetos em andamento. 

A liberação da verba Dadetur para Guarujá já havia sido comunicada ao prefeito Válter Suman às vésperas do aniversário de emancipação política da Cidade, em 30 de junho. 

Em Guarujá, R$ 2.499,412,37 serão destinados à Praia das Astúrias, para complementação da Avenida General Monteiro de Barros e iluminação do calçadão na orla. Mais R$ 5.750.000,00 servirão para a reurbanização da orla da Praia da Enseada e construção das vias de acesso da Avenida Miguel Estéfano.

Outros R$ 1.445.052,64 permitirão a conclusão de obras de infraestrutura (pavimentação, drenagem e sinalização viária) nas ruas Maranhão, Guilherme Backeuser e Marechal Floriano Peixoto no Distrito de Vicente de Carvalho. Por fim, a Prefeitura terá mais R$ 400 mil para a construção de um novo posto de salvamento na Rua Quintino Bocaiuva, na Praia das Pitangueiras.

Repercussão

Segundo a secretária de Turismo de Guarujá, Thaís Margarido, a liberação desses recursos será fundamental para que o prefeito Válter Suman implante um projeto de atendimento aos visitantes mesmo fora da temporadas de verão. 

“O nosso objetivo é tornar Guarujá uma cidade sempre agradável e receptível ao turismo, gerando lazer para o visitante, e renda e empregos para os moradores fixos”.

Santos

Santos vai receber R$ 5.609.491.97 para aplicar em três projetos já em andamento. 

O maior repasse - R$ 2.471.235,35 - servirá para finalizar as obras do Ginásio Rebouças. Segundo disse o prefeito Paulo Alexandre Barbosa, a licitação pública será feita ainda neste ano para a construção de uma piscina olímpica coberta e aquecida no complexo. A previsão é da entrega da obra em 2018.

A reurbanização do Emissário Submarino e conclusão das obras do Museu do Surfe receberão R$ 2.172.773,52. A notícia deixou entusiasmados praticantes do esporte, entre eles o campeão Picuruta Salazar, que sonha em ver a obra concluída no Parque Roberto Mário Santini. O museu destaca a importante colaboração dos surfistas da região, dentre eles a do próprio Picuruta, para o desenvolvimento desse esporte no Brasil. 

Serão R$ 965 mil para a compra de 700 câmeras

de monitoramento. (Foto: Rogério Soares/AT)

O terceiro projeto santista beneficiado com R$ 965.483,10 é a segunda fase de implantação do Centro Integrado de Monitoramento Urbano. Barbosa diz que o dinheiro será suficiente para a aquisição de 700 novas câmeras de videomonitoramento.

 

Itanhaém

Alckmin liberou R$ 2.788.341,95 para a “urbanização de vias de interesse turístico”. No sábado (15), A Tribuna não conseguiu contato com a Prefeitura de Itanhaém para detalhar os projetos beneficiados.

 

Recursos

Guarujá: 
R$2.499,412,37 - Praia das Astúrias, Avenida General Monteiro de Barros, iluminação do calçadão na orla da praia. 
R$5.750.000,00 - Requalificação e urbanização da Orla da Praia da Enseada e vias de acesso.
R$1.445.052,64 - Infraestrutura urbana (pavimentação drenagem e sinalização viária) nas ruas Maranhão, Guilherme Backeuser e Marechal Floriano Peixoto, no Distrito de Vicente de Carvalho. 

R$400.000,00 - Novo posto de salvamento da Rua Quintino Bocaiúva, na Praia de Pitangueiras.

Itanhaém:

R$2.788.341,52 - Urbanização de vias de interesse turístico/Reurbanização de pontos turísticos.

Santos:

R$2.172.773,52 - Reurbanização do Emissário Museu do Surfe.

R$2.471.235,35 - Revitalização do Ginásio Rebouças (2ª etapa)

R$965.483,10 - Centro Integrado de Monitoramento Urbano (2ª fase)

Veja Mais