Funcionários da Receita Federal paralisam atividades na região nesta quarta

Serviços de atendimento ao público não serão realizados e apenas atividades essenciais ocorrem no Porto

25/10/2017 - 08:50 - Atualizado em 25/10/2017 - 10:41

Greve dos analistas tributários está prevista
para durar 24 horas (Foto: Divulgação)

Esta quarta-feira (25) será de protesto entre os funcionários da Receita Federal em todo o País. Os contribuintes da Baixada Santista, que precisam resolver pendências pessoalmente com servidores do órgão, precisam ficar atentos para o fechamento das unidades por 24 horas.

Na região, analistas tributários e auditores fiscais paralisam os serviços na Alfândega do Porto de Santos e na Delegacia da RFB por pelo menos 24 horas, para mostrar o descontentamento do setor com relação à desestruturação do órgão e pelo não cumprimento do acordo salarial fechado com a categoria, respectivamente.

De acordo com o Sindicato Nacional dos Analistas-Tributários da Receita Federal do Brasil (Sindireceita), atividades relacionadas ao atendimento dos contribuintes, como emissão de certidões, restituição e regularização de débitos, por exemplo, não serão realizadas ao longo do dia pelos analistas.

Já na Alfândega do Porto de Santos, segundo o Sindicato Nacional dos Auditores Fiscais (Sindifisco), a situação não será diferente: somente serão liberadas cargas consideradas essenciais como remédios, insumos hospitalares, animais vivos e alimentação de bordo para tripulantes de navios. Já na Delegacia da Receita Federal a paralisação será total.

Pela manhã, os servidores se manterão reunidos na Alfândega do Porto de Santos, no Centro, até às 11 horas. Já no período da tarde, a partir das 14h30, estarão na  delegacia da Receita Federal, na Vila Belmiro.

Veja Mais