Denatran suspende resolução que define mudança de placas veiculares

A nova identificação tende a seguir um padrão em todos os países do Mercosul

23/03/2018 - 15:44 - Atualizado em 23/03/2018 - 15:49

Mudança começaria a partir de 1º de setembro
(Foto: Divulgação/Ministério das Cidades)

A resolução que define a implantação de novas placas padrão para os países do Mercosul foi suspensa, por 60 dias, pelo Departamento Nacional de Trânsito (Denatran). O prazo começou a valer nesta sexta-feira (23), após publicação no Diário Oficial.

O pedido de adiamento partiu da categoria de estampadores de placas. As empresas que ficarão responsáveis pelos serviços serão escolhidas e credenciadas pelo Denatran.

Nova identidade 

As placas atuais seriam substituídas a partir de 1º de setembro por um novo modelo que segue o padrão estabelecido pelo Mercosul. A identificação foi aprovada pelo Conselho Nacional de Trânsito (Contran), que determinou a mudança até dezembro de 2023.

A parte traseira, as placas são revestidas com película retrorrefletiva, fundo branco com margem superior azul e as imagens da bandeira brasileira e o símbolo do Mercosul, mantendo os atuais sete caracteres alfanuméricos. 

Na parte frontal, a película protetora deverá conter as palavras Mercorsur Brasil Mercosul estampadas. Além disso, deverão possuir código de barras bidimensionais dinâmicos (Quick Response Code - QRCode) contendo números de série e acesso às informações do banco de dados de seu fabricante.

LEIA MAIS

<