Demolição de quiosques na Praia da Enseada é antecipada

Reportagem apurou que duas estruturas já foram derrubadas nesta tarde

06/11/2017 - 15:56 - Atualizado em 06/11/2017 - 20:51

Primeiras unidades começaram a ser derrubadas nesta tarde (Foto: Rogério Soares/AT)

Teve início na tarde desta segunda-feira (6) a demolição de quiosques na Praia da Enseada, em Guarujá. O trabalho estava previsto para começar na terça-feira (7), porém, conforme apurado pela Reportagem, foi antecipado para esta tarde. Por volta das 15h30, duas estruturas já haviam sido derrubadas. 

De acordo com o secretário de Infraestrutura e Obras (Seinfra) do Município, Dirceu Marçal, a demolição deve ser concluída em até 60 dias, e a expectativa é que a empresa destrua de três a quatro estruturas por dia. “Os resíduos resultantes dessa demolição serão utilizados no nivelamento de alguns pontos do Município, como no estacionamento do Ginásio de Esportes Tejereba, por exemplo”, afirma o secretário.

Os permissionários foram convocados a comparecer ao Teatro Procópio Ferreira na última terça-feira (31) para assinarem o Termo de Permissão de Uso dos novos quiosques, bem como o Termo de Desocupação Voluntária dos que estão na faixa de areia.

A construção dos novos equipamentos no calçadão da Praia da Enseada está sob a responsabilidade das entidades que representam os permissionários, que contrataram uma empresa para realizar os trabalhos.

São ao todo 54 novos quiosques, de um total de 93 equipamentos existentes hoje irregularmente na faixa de areia.

A demolição dos quiosques está sendo executada em cumprimento às obrigações pactuadas no Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) celebrado entre Município de Guarujá e a União no dia 29 de setembro de 2010.

Nesta semana, permissionários começarão a ocupar os novos quiosques já construídos no calçadão da Enseada pela Associação dos Quiosqueiros de Guarujá. Em troca do investimento, entre R$ 100 mil e R$ 120 mil por unidade, eles terão direito de explorá-los por cinco anos.

Veja Mais