Bertioga vai instalar câmeras de monitoramento em 2018

Prefeitura abriu licitação para implantar equipamentos de vigilância em seis pontos da Cidade

26/12/2017 - 12:00 - Atualizado em 26/12/2017 - 12:03

Imagens das câmeras serão exibidas em tempo real
aos controladores (Foto: Divulgação/PMB)

Bertioga será mais uma cidade da região a criar um sistema de monitoramento por câmeras. A Prefeitura lançou um edital para a contratação de uma empresa que será responsável por instalar, inicialmente, 30 equipamentos em ruas já demarcadas pelo Município, além de implantar uma central de monitoramento. A previsão é de que, se não houver intercorrências na licitação, o sistema comece a operar em março de 2018.

O secretário de Segurança e Cidadania da Cidade, Taciano Goulart Cerqueira Leite, explica que a Prefeitura deve gastar aproximadamente R$ 100 mil por mês com a empresa contratada. “Pesamos a necessidade e a possibilidade. Fizemos o projeto de acordo com o que nosso orçamento permite e selecionamos locais mais movimentados da Cidade, além de Boraceia, que é um bairro afastado”.

As câmeras terão alta resolução, capacidade de movimentação horizontal de 360 graus, vertical de 180 graus, zoom de 32 vezes e se adaptam à iluminação do ambiente. As instaladas na entrada e saída da Cidade terão leitor OCR, capazes de ler placas de veículos e informar a central em casos de roubos ou furtos. As câmeras podem se posicionar automaticamente ou a partir de comandos dos operadores.

“A empresa terá que colocar as câmeras, fazer a manutenção e toda a montagem da central, colocar tudo o que é necessário. Precisa ter um funcionário 24 horas por dia. Vamos colocar lá também guardas, agentes de trânsito e oferecer um espaço para a Polícia Militar. A central funcionará na Diretoria de Trânsito da Prefeitura, no mesmo quarteirão da delegacia, no Centro”.

Na central de monitoramento, de 50 m², as imagens serão exibidas aos controladores em monitores de LED de 55 polegadas, que podem mostrar até 16 câmeras simultaneamente em tempo real, identificando localização, data e hora de cada câmera.

A gravação das imagens será em alta definição. As câmeras poderão ser acessadas a qualquer instante por entes públicos como a Guarda Civil Municipal, por meio de link na internet. A empresa fica obrigada a armazenar as imagens por 30 dias em servidor remoto e em formato DVD por até cinco anos.

Outro edital

Outro edital lançado dá a oportunidade de empresas ligarem suas câmeras ao sistema do Município, contribuindo para o monitoramento e segurança da Cidade. O objetivo é otimizar a prestação do serviço, reduzindo gastos, e aumentando a eficiência e segurança por meio da participação da comunidade.

A doação deverá ser formalizada em processo administrativo. Dúvidas, esclarecimento e inscrições poderão ser feitas por meio eletrônico, no e-mail licitacao.bertioga@gmail.com, ou pessoalmente na Prefeitura de Bertioga. situada na Rua Luiz Pereira de Campos, 901, Centro.

Funcionará assim: apenas as empresas de monitoramento previamente aprovadas pela Prefeitura poderão interligar suas imagens às do monitoramento público. Por exemplo, um comerciante que queira ter a câmera da sua loja (desde que virada para a rua) monitorada, terá que contratar o serviço de uma dessas empresas já cadastradas no Município. Um dos motivos é que os aparelhos precisam ser padronizados para participarem da integração. 

Veja Mais