Bertioga é a terceira cidade com moradia mais cara no País

Alto padrão da Riviera ajuda a elevar preço médio. Santos fica em 14º lugar

08/03/2018 - 07:33 - Atualizado em 08/03/2018 - 07:53

Mesmo sem a Riviera, Bertioga teria o sexto m² mais caro do Brasil (Foto: Rogério Soares/AT)

O preço médio dos imóveis à venda de Bertioga é o terceiro mais caro do País e só perde para o Rio de Janeiro e Balneário Camboriú (SC), segundo pesquisa com dados de fevereiro feita pela Hyperdados, empresa especializada no mercado imobiliário. Santos ficou em 14º lugar no ranking.

De acordo com a Hyperdados, o m² de Bertioga custava R$ 7.946,00 no mês passado, bem à frente de Santos (R$ 5.665,00) e de Guarujá (R$ 4.543). As demais cidades da região estão bem mais baratas (veja ranking abaixo), exceto Cubatão, que não foi avaliada pela pesquisa.

O levantamento considera todos os tipos de imóveis residenciais à venda, porém, não reflete o preço que efetivamente será pago pelo comprador.

Bertioga se destaca, inclusive superando São Paulo, devido ao “efeito Riviera”, em referência à Riviera de São Lourenço, onde apartamentos anunciados na internet geralmente custam mais de R$ 1 milhão. Os mais caros batem em R$ 19 milhões.

O diretor regional do Secovi (sindicato das empresas de compra e venda de imóveis), Carlos Meschini, afirma que Bertioga tem menos lançamentos que Santos e Praia Grande e, por isso, a Riviera puxa a média. “Sem a Riviera, a média de Bertioga cai para a faixa de R$ 7 mil a R$ 7,5 mil”. Mesmo assim é uma média salgada, pois a Cidade ficaria na sexta posição do ranking. De acordo com ele, a Riviera acaba por ditar um preço mais caro no restante do Município.

Em Santos, Meschini diz que a média foi derrubada por um empreendimento do Minha Casa, Minha Vida, com unidades abaixo de R$ 200 mil, e por descontos das construtoras que ainda têm estoques da fase pré-recessão (até 2014). Segundo ele, o médio e alto padrões santistas atingem uma média de R$ 7,7 mil.

Praia Grande

Já em Praia Grande o mercado trabalha com preço médio de R$ 5,5 mil a R$ 6 mil, segundo Meschini. Ele diz que a Cidade tem uma produção grande, com muitas unidades do Minha Casa e um bom estoque, o que permite encontrar preços atraentes.

Entretanto, quem quiser um m² ainda mais barato deve ir a Peruíbe, Mongaguá e Itanhaém, abaixo de R$ 3 mil, entre os menores do ranking da Hyperdados.

Ranking (10 primeiras + Baixada Santista):

1) Rio de Janeiro: R$ 9.883

2) Balneário Camboriú (SC): R$ 8.980

3) Bertioga: R$ 7.946

4) São Paulo: R$ 7.828

5) Itapema (SC): R$ 6.673

6) Niterói (RJ): R$ 6.268

7) Armação de Búzios (RJ): R$ 6.122

8) Vitória (ES): R$ 6.076

9) Barueri : R$ 6.046

10)São Caetano do Sul: R$ 5.764

14) Santos: R$ 5.665

35) Guarujá: R$ 4.543

49) São Vicente: R$ 4.096

61) Praia Grande: R$ 3.879

91) Peruíbe: R$ 2.938

92) Mongaguá: R$ 2.935

99) Itanhaém: R$ 2.716

Veja Mais