Embarcação bate em atracadouro da Dersa e provoca colisão de veículos

Acidente ocorreu na manhã desta quarta-feira. Pelo menos 10 carros sofreram avarias

11/07/2018 - 12:01 - Atualizado em 11/07/2018 - 21:46

Acidente ocorreu por volta das 8h45 desta quarta-feira (11). (Foto: Carlos Nogueira/AT)

Uma balsa que realiza a travessia de veículos entre Santos e Guarujá se chocou contra um dos atracadouros da Dersa na manhã desta quarta-feira (11), do lado de Santos, fazendo com que 10 veículos acabassem colidindo.

De acordo com informações da Dersa, responsável pela travessia, o acidente ocorreu às 8h45, durante operação da embarcação FB-27. A empresa afirma que a balsa apresentou falha mecânica no momento em que se aproximava do atracadouro do lado de Santos, o que provocou o choque. A colisão fez com que os carros que estavam na balsa batessem entre si. 

Logo após o choque, a Polícia Militar foi acionada, assim como equipes da Dersa, que iniciaram um levantamento das consequências da colisão. Em nota, a empresa confirma que ''10 tiveram danos de pequena monta''.

Os casos envolvendo veículos danificados, de acordo com a Dersa, serão avaliados e, caso necessário, ressarcidos pelo seguro da empresa contratada para operar na travessia.

A empresa responsável pela travessia afirma ainda que não houve feridos e que os usuários desembarcaram em segurança. 

A embarcação que colidiu contra o atracadouro passou por manutenção e voltou a operar por volta das 11h30 desta quarta-feira. 

Um dos motoristas que tiveram os carros danificados foi Bruno Corrêa dos Santos. ''O chão estava molhado, os carros deslizaram''. O condutor explicou que, com o choque, a placa do carro acabou amassada e o parachoque saiu do lugar. ''Mas, pelo menos, não machucou ninguém''.

Em nota, a Marinha do Brasil (MB), por intermédio da Capitania dos Portos de São Paulo (CPSP), informa que tomou conhecimento, por volta das 11h15, do ocorrido entre a Balsa FB-27 da Dersa e o atracadouro.

"Uma equipe foi enviada ao local para a realização da perícia e para obter mais informações sobre a colisão com o atracadouro, que causou, inclusive, avarias em alguns veículos que estavam à bordo. Não houve feridos ou registro de poluição híbrida". 

A Marinha vai instaurar um inquérito para apurar possíveis causas e responsabilidades do acidente.

Veja Mais