Após ressaca, Prefeitura volta a isolar destroços de embarcação na orla

Fragmentos que podem pertencer a um veleiro inglês foram descobertos em agosto do ano passado

12/07/2018 - 15:31 - Atualizado em 12/07/2018 - 15:36

Isolamento tem como objetivo proteger os banhistas e preservar os destroços (Foto: Divulgação/PMS)

Após a ressaca registrada nesta semana na orla de Santos, a Prefeitura voltou a sinalizar os destroços da embarcação localizada na praia do Embaré, que voltou a aparecer nas imediações do Canal 5. 

De acordo com a Administração Municipal, o isolamento, mais uma vez foi feito com estacas e cercado em arame, para garantir a segurança dos frequentadores das praias e a preservação dos destroços. 

Com base em informações de pesquisa realizada desde que os vestígios da embarcação apareceram no dia 22 de agosto do ano passado, acredita-se que os fragmentos pertençam ao veleiro Kestrel, de bandeira inglesa, naufragado em 11 de fevereiro de 1895. 

A descoberta ocorreu por conta das características da embarcação e também com base em pesquisas realizadas em jornais da época, que noticiaram o naufrágio, naquele trecho da orla, de um veleiro de três mastros, de bandeira inglesa. 

Nos registros encontrados é mencionado que o naufrágio ocorreu na Praia do Boqueirão, após uma tempestade.

Veja Mais