Alckmin visita instalações do futuro AME de São Vicente

Nova unidade vicentina será a primeira da região no modelo AME Mais

26/01/2018 - 10:26 - Atualizado em 26/01/2018 - 16:16

Alckmin ainda virá a Santos, para entrega de unidades da CDHU (Foto: Alexsander Ferraz/AT)

O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, visitou nesta sexta-feira (26) as instalações do futuro Ambulatório Médico de Especialidades (AME) de São Vicente e anunciou que o novo equipamento, localizado na Avenida Presidente Wilson, deverá entrar em funcionamento até o final de março. 

Em estudo para implantação desde 2015, a unidade vicentina será a primeira da região no modelo AME Mais. O novo equipamento será referência para os nove municípios da região, oferecendo atendimento ambulatorial em 27 especialidades médicas, além de exames e procedimentos cirúrgicos. O Estado investirá R$ 5,2 milhões em equipamentos, além de um custeio previsto para 2018 de R$ 10,7 milhões.

“Essa unidade tem previsão de início de operação até o final de março e será um AME Mais, ou seja, vai realizar também cirurgias de pequeno e médio porte”, completou.

Nova unidade ofertará 27 especialidades, além de exames e cirurgias (Foto: Divulgação/Governo de São Paulo)

Cuidados especializados 

Os atendimentos começarão por etapas, à medida da instalação dos equipamentos e treinamento do pessoal. A previsão da capacidade é para atendimento mensal de 4,7 mil consultas médicas e 670 não médicas, além da realização de até 1,3 mil exames diagnósticos e cerca de 400 procedimentos cirúrgicos de maior ou menor complexidade. 

A unidade terá 13 consultórios, 18 salas para exames, duas salas cirúrgicas, uma sala de curativo, três salas de repouso com 4 leitos masculinos, 4 femininos e 2 pediátricos, além de espaços específicos para acolhimento, enfermagem, recuperação, sala para endoscopia e outros.

“Com esse AME Mais, ampliamos o acesso da população da Baixada a cuidados especializados, num serviço altamente resolutivo, capaz de ofertar diagnóstico e o início do tratamento no mesmo local”, destaca o secretário de Estado da Saúde de São Paulo, David Uip.

A unidade receberá os pacientes encaminhados pelas Unidades Básicas de Saúde dos nove municípios da Baixada: Bertioga, Cubatão, Guarujá, Itanhaém, Mongaguá, Peruíbe, Praia Grande, Santos e São Vicente. O agendamento de consultas é feito pelos próprios postos de saúde municipais, mediante sistema informatizado da Secretaria. A região já conta com o AME de Santos e Praia Grande, ambos em funcionamento.

 

Veja Mais