Acqua Mundo é convite para mergulhar em outro mundo

Visitantes podem conhecer mais de 2 mil animais de 170 espécies diferentes

01/02/2018 - 08:27 - Atualizado em 01/02/2018 - 08:27

Pinguins ainda são uma das atrações preferidas das crianças (Foto: Rogério Soares/AT)

Os 50 recintos do Acqua Mundo, em Guarujá, abrigam cerca de 2 mil animais de 170 espécies. Os queridinhos da criançada são, sem dúvida, os pinguins-de-magalhães. Uma das novidades da temporada são os cavalos-marinhos, que medem apenas dez centímetros.

Logo na entrada, dá para registrar sua visita ao local com uma fotografia, como se estivesse no fundo do mar, decorada com peixes e plantas. Depois da luz do flash, a escuridão das profundezas do oceano. É como se o visitante mergulhasse em outro mundo.

Aos poucos, começam a aparecer os recintos, como o dos peixes amazônicos. Ainda dá para ver as enormes-tartarugas verdes e as arraias em um tanque de água salgada com 800 mil metros quadrados – o maior do Acqua Mundo.

Alguns animais chamam a atenção pela beleza e, também, pelo perigo, como o venenoso peixe-leão. Os cavalos-marinhos são graciosos. Criados em cativeiro no Rio de Janeiro, chegaram a Guarujá treinados para comer alimentos mortos. 

ver galeria
1/9

Alimentação

Duas vezes por dia, as atenções de todos no aquário se voltam para o recinto dos pinguins. É o horário de eles se alimentarem. Com estilo, as aves, originárias da Antártica, literalmente engolem dez quilos de sardinha fresca. “É a parte que o público mais gosta”, avalia Camila Meira, bióloga e funcionária do lugar há 17 anos.

O mais esfomeado da turma, até pelo tamanho, é o lobo-marinho. Ele come sozinho dez quilos de peixe por dia. A quantidade, porém, é regulada conforme a época do ano e, às vezes, cai para apenas seis quilos por dia – quando faz calor.

Em contrapartida, os répteis comem mais nesta época do ano. É o caso dos jacarés do Pantanal.

No laboratório do Acqua Mundo, ficam os filhotes de tubarão-bambu, bicho exótico no Brasil, encontrado nos recifes de coral do Oceano Índico. Os mais novos só podem ir para o lugar onde estão os adultos depois de grandes.

“Se eles ficassem dentro do recinto, provavelmente, seriam devorados pelos pais, porque eles não têm essa coisa de afetividade que os mamíferos têm”, explica a bióloga.

O Acqua Mundo fica na Avenida Miguel Estéfano, 2001, Praia da Enseada, Guarujá. O local funciona todos os dias, das 10 às 20 horas, sendo que em alguns dias da semana vai até as 22 horas (consulte detalhes no site). A alimentação dos pinguins ocorre entre 11 e 17 horas, dos peixes amazônicos entre 12 e 18 horas e do lobo-marinho às 11h30, 14h30 e 17h30.

Veja Mais