Apesar da derrota, Elder valoriza postura da Briosa contra Palmeiras no sub-15

Técnico da Portuguesa Santista lamenta gols em bolas paradas e mantém confiança em vaga

07/09/2018 - 18:07 - Atualizado em 07/09/2018 - 18:31

Elder ressaltou a diferença física entre os times, que favoreceu o rival (Foto: Douglas Teixeira/Portuguesa Santista)

O Palmeiras venceu a Portuguesa Santista por 3 a 1, nesta sexta-feira, no estádio Ulrico Mursa, em Santos, em partida válida pela 1ª rodada do grupo 19 do Campeonato Paulista sub-15. Foi a partida de estreia das equipes na terceira fase do estadual.

Os gols do Verdão foram marcados por Jonathan Alecxander, Igor Gabriel e Marcio Marques. Kayke descontou para os donos da casa. Apesar da derrota, o técnico da Portuguesa Santista, Elder Campos, valorizou a postura adota pela sua equipe no duelo contra o Palmeiras.

"Nós enfrentamos uma grande equipe. Um time que não perdeu de ninguém. Mas, eu gostei da postura dos atletas, da forma como terminamos o jogo. Um time que foi para cima, mesmo enfrentando uma grande equipe. Claro que sabemos que os erros acontecem, e em um jogo de terceira fase, você tem que minimizar eles, e as oportunidades que aparecerem, é preciso reverter em gol. Mas a postura do time me deixou muito contente. Acredito que, se a gente manter essa postura e concentração nos próximos jogos, a gente tem grande chance de brigar para chegar entre os oito melhores", avaliou o treinador, que lamentou dois gols sofridos em jogadas de bola parada.

Elder também destacou a diferença física entre os atletas da equipe, fator que teria favorecido o Verdão. Além de enfatizar que a Briosa ainda conseguiu marcar um gol contra uma das melhores defesas da competição. O Palmeiras sofreu 10 gols em 20 jogos. 

"Dentro do jogo fica nítida a diferença física. Eles conseguiram levar vantagem, em alguns momentos, nessa parte física, em relação aos nossos atletas. E nessa categoria ainda faz muita diferença. Mas gostei da atitude, os meninos jogaram, nosso gol saiu de uma jogada trabalhada. O Palmeiras é difícil sofrer gols, é um time muito forte e é candidato a líder do grupo. Agora é trabalhar para que, contra as outras equipes, conseguir o nosso objetivo que é classificar", finalizou o treinador.

Na próxima rodada, a Portuguesa Santista viaja para encarar o Grêmio Novorizontino, no dia 15, às 9 horas, no estádio Josué Quirino de Moraes, em Novo Horizonte. Já o Palmeiras recebe o Osvaldo Cruz, no mesmo dia e horário, no CT Palmeiras II, em São Paulo.

Veja Mais