Após falha em radar, Aeroporto de Congonhas tem atraso em 19% dos voos

Neste sábado, conforme dados da Infraero, dos 89 voos programados, 17 estavam atrasados

21/07/2018 - 17:27 - Atualizado em 21/07/2018 - 17:32

Alguns passageiros precisaram dormir nos saguões dos
aeroportos (Foto: Folhapress)

Um dia depois de uma pane em radar ter afetado as operações nos aeroportos de Congonhas, Cumbica e Viracopos, aeroportos ainda registravam atrasos e cancelamentos neste sábado (21). Havia relatos de filas de passageiros nos saguões e algumas pessoas chegaram a dormir em bancos à espera do embarque. No Aeroporto de Congonhas, foram registrados atrasos em 19,1% dos voos previstos, no período da manhã. 

Segundo o boletim da Infraero (Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária), que apresenta a situação dos voos em tempo real, dos 89 voos programados, 17 estavam atrasados, dos quais seis eram no período entre 10h e 11h.

Dos 307 voos previstos para o mesmo período (entre 0h e 11h) no Aeroporto de Cumbica, 69 estavam atrasados, mas, segundo a assessoria do aeroporto, a situação está normalizada e os atrasos não são reflexo da pane ocorrida ontem.

Em nota, o Centro de Gerenciamento da Navegação Aérea (CGNA) informou que ocorreram instabilidades no sinal do radar da Área de Controle Terminal de São Paulo (APP-SP).

Também em nota à imprensa, a Força Aérea Brasileira (FAB) informou que as instabilidades na visualização por radar foram causadas pela "transição do fornecimento de energia elétrica do abastecimento comercial para o do gerador próprio".

Veja Mais