Padilha diz que Temer quer rever a situação da alta nos combustíveis

Segundo o ministro, o presidente mostrou preocupação com os aumentos da gasolina e do diesel

21/05/2018 - 20:57 - Atualizado em 21/05/2018 - 21:06

Ministro diz que, com a alta do dólar  e o petróleo subindo,
era previsível o aumento do combustível

O ministro Eliseu Padilha (Casa Civil) antecipou que o presidente Michel Temer quer rever a situação da alta nos combustíveis para que o preço seja "previsível" para os consumidores. Segundo ele, Temer demonstrou preocupação com os aumentos constantes do valor da gasolina e do diesel. De acordo com Padilha, o presidente "gostaria de ver isso resolvido da forma mais palatável" para o cidadão e com rapidez.

"O presidente manifestou interesse em rever a situação para que o preço seja previsível para os caminhoneiros", disse Padilha. Ele minimizou a alta e disse que com o dólar subindo e o petróleo subindo internacionalmente, era "certo" que haveria variação no combustível no Brasil. "Vamos ver se encontramos um ponto em que possamos ter mais controle."

Padilha defendeu que é importante que os caminhoneiros, que realizam protestos nesta segunda-feira, 21, em todo o País, possam trabalhar com previsibilidade. "Vamos ter algo a dizer para os caminhoneiros sem dúvida nenhuma", garantiu Padilha. Ele ponderou que o governo não deve ser posicionar sobre o tema nesta segunda, pois ainda deve acontecer uma conversa com representantes da Petrobras nesta terça. 

O ministro evitou comentar sobre a possibilidade de desatrelar o preço do álcool em relação aos outros combustíveis. Eliseu Padilha falou pouco antes da reunião com o presidente Temer e ministros para tratar do assunto.

Veja Mais