Indispensáveis, espelhos ganham diversas funções em projetos de design

Objeto fica perfeito em vários ambientes, até mesmo na cozinha

16/07/2017 - 16:32 - Atualizado em 16/07/2017 - 21:52

Espelhos ampliam ambientes e dão
mais iluminação. (Foto: Alex Ferraz/AT)

Indispensáveis em qualquer residência, os espelhos ganharam múltiplas funções nos projetos de design: ampliar ambientes, dar mais luminosidade e charme a um determinado espaço. 

 

Em diversos formatos, desde redondos, ovais, retangulares e quadrados, eles podem ser usados até mesmo na cabeceira da cama. “Traz uma graça diferente, fora que a gente sempre pode usá-lo para se olhar”, diz a arquiteta Valéria Loureiro.

Por isso, seu uso está liberado em praticamente todos os cômodos e lugares. “Livings, sala de jantar, em uma pilastra, na porta do armário e até mesmo na cozinha”. Sim, ele é um ótimo recurso e um grande aliado das atuais construções nem tão espaçosas assim. 

No teto e para dividir ambientes, explica Valéria, os vidros refletivos são ideais. “Eles não brilham tanto e deixam o espaço confortável, pois você só percebe a presença deles quando a luz está acesa”.

Aliás, a arquiteta lembra que o prata não é a única alternativa de cor. “Existem os espelhos dourados e em tom de bronze, que, aliás, estão muito na moda”. 

Falando nisso, emoldurar espelhos ou colocá-los na parede como se fossem quadros faz a maior diferença. “E ele tem todo aquele apelo do feng shui, que afasta as energias ruins”.

No hall, diz Valéria, ele pode reinar absoluto. “Dá para ousar nas formas, nas cores. Além de tudo, é muito útil para aquela última olhada antes de entrar ou sair de casa.

Esse espaço, por ser pequeno, pede um pouco de exagero. E você pode mudá-lo sempre que quiser”.

Escolha do local de instalação de espelhos
exige cuidados. (Foto: Alex Ferraz/AT)

A coordenadora da divisão de móveis da Telhanorte, Priscila Herrero, fala que o ideal é inserir o espelho apenas quando ele vá refletir algo. “Por mais simples que pareça, muitas pessoas exageram. O ideal é escolher uma das paredes do ambiente e focar nesta aplicação”.

 

É preciso se atentar ainda aos tons que compõem os ambientes em que serão inseridos os espelhos. “No caso das cores quentes, que estão em alta na decoração, a sugestão é utilizar espelhos lisos, sem detalhes, cores ou arabescos. Nesses casos, os modelos mais retilíneos com bisotê são as melhores opções para a harmonização”, diz Priscila.

A amplitude de espaço é outro aspecto proporcionado pelos espelhos. Porém, caso sejam aplicados de maneira exagerada, é possível que causem desconforto visual. “Para dar o efeito de ampliação, é necessário instalar um espelho grande na parede, que a preencha completamente”.

Colocação

Outro erro fatal que normalmente as pessoas costumam cometer está relacionado ao local de instalação. Por isso, a profissional da Telhanorte fala que é importante colocar todas as peças que pretende destacar na direção do espelho, uma vez que ele dobra o tamanho do espaço e exibe com destaque os objetos à frente.

Em relação às tendências, Priscila sugere modelos com molduras coloridas, rústicas, de madeira de demolição e provençais. “São opções ousadas e que garantem personalidade ao espaço, além de harmonizarem, na maioria das vezes, com os demais itens que compõem o ambiente”, conclui. 

Como lembra a designer de interiores Helenice Cardoso, o espelho tem uma história muito antiga, que data do ano 6000 a.C. 

“Desde então, além da beleza, com todos os benefícios que ele oferece, destaca-se sua tendência harmônica. É sempre considerado uma peça única, quando aplicado em meio a diferentes espaços”, acredita Helenice, que trabalha em parceria com a Kazzarô Conceito.

A designer ainda fala que, com ousadia, inovação e sofisticação, o espelho também auxilia com elegância na iluminação dos ambientes, proporcionando a sensação de profundidade e amplitude. “Em diferentes formatos, tamanhos e molduras, impõe personalidade adequando-se a uma linguagem moderna e dinâmica”. 

Materiais

Para quem não quiser usar o espelho em si, Valéria indica outros materiais com funções parecidas, como as pastilhas de inox espelhadas e as cerâmicas brilhantes. “Quando bem aplicadas, o resultado é excelente. Por isso, é muito importante levar todo o projeto em consideração para não exagerar na dose e usar os elementos corretos”. 

Veja Mais