Empreendimento de luxo tem capacidade para apenas seis pessoas

Jagged Edge fica perto de Queenstown, na ilha sul da Nova Zelândia, e possui três quartos

04/08/2017 - 15:06 - Atualizado em 04/08/2017 - 15:10

A casa tem adega, piscina com borda infinita e serviços de concierge (Foto: Justine Tyerman/Divulgação)

Que tal uma experiência única, à beira de uma falésia, bem pertinho da cidade de Queenstown, na Ilha Sul da Nova Zelândia? É ali que está a Jagged Edge, empreendimento raro no mercado de hospedagem de alto luxo. Com três quartos e capacidade para seis pessoas, a casa tem como destaques adega escavada na rocha, piscina com borda infinita, serviços de concierge e decoração propositalmente minimalista. 

Não há nada que obstrua a vista da cadeia montanhosa The Remarkables e dos picos Cecil and Walter, pontos turísticos à beira do lago Wakatipu. Painéis de parede que flutuam pelo mezanino formando quartos amplos e abertos, o piano que pode ser programado para tocar sozinho e a piscina do spa que tem o nível da água diminuído automaticamente são outros diferenciais. 

Há opção, ainda, de usar as instalações de um chalé próximo igualmente suntuoso com cinco quartos e seis banheiros. Os hóspedes podem aproveitar profissionais especializados para providenciar aluguel de aviões, translados de helicóptero, iates, lanchas, jet-skis e outros serviços. Além de visita às atrações clássicas de Queenstown, como uma viagem cheia de adrenalina pelo Dart River em jet boat e até um pulo de bungee jumping da ponte sobre o rio Kawarau. 

Diárias saem a partir de NZD 5.000 (cerca de R$ 11.700). Reservas em www.luxehouses.com.au/holiday-house/jagged-edge.


ver galeria
1/7
Veja Mais