'Battlefield V' é adiado

A EA e a DICE alegaram que isso permitirá dar os ajustes finais necessários no jogo

30/08/2018 - 18:27 - Atualizado em 30/08/2018 - 18:39

A Electronic Arts (EA) e a DICE divulgaram que Battlefield V será adiado em um mês: em vez de 19 de outubro, o jogo vai chegar às lojas em 20 de novembro, com versões para PlayStation 4, Xbox One e PC.

O comunicado, postado no site oficial do game, diz que a decisão foi tomada para poder dar os ajustes finais necessários ao gameplay. Vale lembrar que já havia sido anunciado que o jogo não teria todos os seus recursos disponíveis logo no lançamento.

A fase beta de testes continua agendada para 6 de setembro.

>> Veja o trailer de Battlefield V


Segunda Guerra

A nova versão do jogo de tiro será ambientada na Segunda Guerra Mundial e, apesar de esse período histórico não ser inédito na franquia (e em outros shooters), a promessa é que o game vai oferecer a experiência mais imersiva da série e abordar histórias inusitadas e nunca antes contadas.

Enquanto Call of Duty: Black Ops 4 vai descartar a campanha (leia mais aqui), Battlefield V continuará apostando forte no single player. Chamado Histórias de Guerra, ele vai mergulhar no drama humano tanto do ponto de vista de homens quanto de mulheres, por exemplo mostrando a luta de uma soldada da resistência na paisagem fria da Noruega ou embates calorosos na costa do norte da África.

Battlefield V é uma volta para casa, um retorno para a era que definiu a franquia. Mas nós queríamos desafiar o lugar-comum da Segunda Guerra com uma representação inesperada. Nossa visão é deixar que os jogadores explorem lados novos. A escala de cada batalha e nível de imersão são diferentes de qualquer coisa que nós já fizemos”, garantiu Oskar Gabrielson, gerente-geral da DICE.

Cooperativo

Além da estreia de um Battle Royale, o multiplayer vai manter modos consagrados, como Conquista para 64 usuários e Dominação. As novidades serão Armas Combinadas, para quatro pessoas; um modo em que os jogadores utilizarão paraquedas para alcançar as áreas desejadas, e Operações Grandiosas, que vai mesclar diferentes modos e mapas na tentativa de concretizar determinado objetivo.

Em comunicado oficial, a EA detalhou: “Os soldados agora podem carregar armas fixas, construir fortificações e reparar estruturas abaladas para modificar o campo de batalha em busca de vantagem. Seja arrastando um companheiro de esquadrão para um lugar seguro ou lançando uma granada no ar, as pessoas forjarão uma conexão mais profunda com o mundo”.

Também será possível comandar o próprio esquadrão, com cada membro ocupando o papel de especialista de uma classe. Sem falar que no multiplayer e na campanha dará para customizar personagens, armas e veículos. Para arrematar, haverá um arsenal expandido da Segunda Guerra.

Adeus, passe de temporada

As pessoas que realizarem a pré-venda estarão automaticamente cadastradas no beta do jogo. E não haverá passe Premium em Battlefield V. As atualizações e eventos periódicos serão liberados gratuitamente por meio do inédito Cursos de Guerra.

Veja Mais