EDIÇÃO DIGITAL

Domingo

18 de Novembro de 2018

Regulação dos preços dos combustíveis deve sair até o fim do ano, diz ANP

Tema é polêmico porque é interpretado por alguns como intervenção do governo

A Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) pretende concluir ainda neste ano a regulamentação que trata da transparência dos preços dos combustíveis, segundo o diretor Felipe Kury. As opiniões do mercado estão sendo recolhidas em consulta pública promovida pela agência, que propõe que todos os participantes do setor, inclusive a Petrobras, divulguem as componentes dos seus preços, como as margens de lucro.

O tema é polêmico porque é interpretado por alguns como intervenção do governo.

Kury participou do VII Seminário sobre Matriz e Segurança Energética Brasileira, promovido pela FGV. Na mesma palestra esteve o gerente executivo de Marketing e Comercialização da Petrobras, Guilherme França, para quem "o caminho é de continuidade" da nova política de preços dos combustíveis, no governo de Jair Bolsonaro. Ele evitou, no entanto, falar com a imprensa sobre a fase de transição até janeiro, quando o novo presidente da República tomará posse.