EDIÇÃO DIGITAL

Segunda-feira

19 de Novembro de 2018

Com dores, Lucas Veríssimo não treina e pode desfalcar o Santos contra a Chapecoense

Se o defensor for desfalque, o volante Yuri poderá ser improvisado ao lado de Gustavo Henrique

Sem poder contar com Luiz Felipe, com uma lesão na panturrilha direita, e Robson Bambu, de saída do clube em razão do fim do seu contrato - o vínculo termina no próximo dia 10 -, o técnico Cuca tem uma dor de cabeça a mais para montar a defesa que irá encarar a Chapecoense, segunda-feira (12), no Pacaembu, pela 33ª rodada do Campeonato Brasileiro. Lucas Veríssimo, com dores no joelho direito, não treinou com o elenco nesta quarta-feira (7). 

Se a lesão tirar o zagueiro da partida, o treinador do Santos terá apenas Gustavo Henrique à disposição. Assim, a alternativa mais provável é a improvisação do volante Yuri no setor.

Além de Lucas Veríssimo, a atividade desta tarde não contou com a participação do atacante Rodrygo. Substituído no intervalo do clássico contra o Palmeiras, no último sábado (3), na Arena Palmeiras, onde o Peixe foi derrotado por 3 a 2, o camisa 9 se apresentou com tosse e, diante do dia chuvoso, foi poupado pela comissão técnica. O jovem, no entanto, não deve ser desfalque para a partida.

O Santos é o sétimo colocado no Campeonato Brasileiro, com 46 pontos. A mesma pontuação do Atlético-MG, na sexta posição e dono, até o momento, da última vaga no G6 - grupos de times que se classificam à Copa Libertadores 2019.