EDIÇÃO DIGITAL

Segunda-feira

19 de Novembro de 2018

Bryan Ruiz comemora chances e diz estar em evolução no Santos

O costarriquenho classificou a sua atuação contra o Palmeiras como a melhor desde que chegou

Apesar de ainda não ter conquistado um lugar no time titular, o meio-campo Bryan Ruiz se vê em evolução no Santos. De acordo com o próprio jogador, os minutos jogados com a camisa da seleção da Costa Rica – derrotas para México e Colômbia –, no mês passado, contribuíram significativamente para a melhora. 

“Acho que os minutos que tenho jogado têm sido melhores, realmente. Joguei 60 minutos um jogo e 80 no outro, com a seleção. Isso dá ritmo e ajuda muito também. Tenho me sentido bem”, disse o camisa 22 do Santos. 

O jogador ainda revelou que a atuação contra o Palmeiras, assim como a diante do Internacional, foram as mais convincentes que fez com a camisa do Peixe. 

“Foi uma boa partida. Estava 2 a 0 e depois que entramos conseguimos empatar em 2 a 2. Para mim foi muito bom. O Copete também entrou bem e fez o gol. Acredito que dá confiança. O jogo contra o Internacional também foi bom. Essas partidas foram as melhores". 

Mais recuado?

Na partida da próxima segunda-feira (12), o técnico Cuca não poderá contar com o volante Diego Pituca, o atacante Gabriel, o zagueiro Luiz Felipe e lateral-direito Victor Ferraz, todos suspensos. A ausência de Pituca pode representar a oportunidade que Bryan Ruiz tanto esperava. Entretanto, ele faz ressalvas:

“Pituca é um dos jogadores que mais tem constância no time. Vai ser muito difícil fazer o que ele faz. Se o Cuca precisar que eu jogue ali, eu posso jogar. Claro que meu forte não é a marcação, mas se o professor precisar que eu jogue por ali, eu posso jogar sim”, finalizou o atleta.