EDIÇÃO DIGITAL

Domingo

18 de Novembro de 2018

Mais de 100 imóveis em Guarujá podem ir a leilão por dívida de IPTU

Primeiro lote de 140 propriedades pode ser leiloado ainda este ano

Mais de 100 imóveis podem ir a leilão ainda este ano, em Guarujá, por inadimplência de Imposto Predial e Territoral (IPTU). O lote trata-se de propriedades com débitos não regularizados até o ano passado e, por isso, inscritas na Dívida Ativa do Munícipio.

Estima-se que 140 imóveis sejam leiloados em breve. Segundo a Prefeitura, este primeiro lote de propriedades está em fase processual mais adiantada do que os demais.

Guarujá registrou cerca de R$100,7 milhões em dívida de débitos de IPTU, no intervalo entre os meses de janeiro e outubro de 2018, valor esse que representa quase um quarto do total lançado, que foi de R$ 401,2 milhões.

Desde então, a Administração Municipal passou a tomar providências contra devedores, enviando cartas amigáveis aos contribuintes sobre o que poderia ser feito caso a situação persistisse.

Conforme a Prefeitura, a zona leste da cidade, que contempla os bairros Enseada, Pernambuco, Perequê, até a balsa de Bertioga, é a que mais preocupa pela inadimplência. Além do adensamento populacional, a área também tem uma grande concentração de casas de veraneio.