No início de cada ano, há quem, pelo hábito, se engane na hora de datar um cheque e escreva o ano anterior. Por isso, é preciso redobrar a atenção. A Federação Brasileira de Bancos (Febraban) lembra que, a partir de 1º de janeiro, quarta-feira, os cheques devem ser preenchidos com o ano de 2014.

Em janeiro, para os cheques datados com o ano de 2013, os bancos irão adotar procedimentos de verificação para checar se as folhas não foram emitidos além do prazo permitido em norma para sua compensação, que é de seis meses.

Se for comprovado que, de fato, houve um equívoco do cliente no preenchimento do cheque, a compensação será feita.

“Essa medida vai beneficiar os clientes, tanto o depositante quanto o emitente, e minimizará impactos e transtornos nos serviços de compensação dos bancos”, avalia o diretor adjunto de operações da Febraban, Walter de Faria.

O cheque é um importante meio de pagamento. Requer cuidados para sua boa conservação, segurança, evitando-se perdas ou extravios, e atenção ao uso correto. Conforme dados da Febraban, aproximadamente 1 bilhão de cheques são compensados anualmente.